Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2016

fogaça

12525455_1112538385423524_3631933498226975088_o[1]

 

 

800 g de farinha sem fermento

125 ml de água morna

50 g de fermento padeiro

1 pitada de sal

150 g de açúcar

125 g de manteiga

4 ovos inteiros

1 colher de chá rasa de canela em pó

raspa de 1 limão

 

1 ovo batido para pincelar

farinha para polvilhar q.b.

 

886343_1112538315423531_3211461301134327468_o[1].j

 

Dissolver o fermento padeiro na água morna e acrescenta-se 200 g de farinha.

Mexer com a batedeira até obter uma massa mole.

Deixar levedar no recipiente coberto com um pano, durante cerca de meia hora.

 

 

Agora, acrescentar ao preparado levedado, o açúcar, o sal, a canela em pó, os ovos inteiros, a raspa de limão, a manteiga e a farinha.

Voltar a bater com a batedeira e deixar levedar novamente  a massa, coberta com um pano, cerca de 1 hora, até aumentar o dobro de volume.

 

12487031_1112538292090200_7482483757837001519_o[1]

 

Quando estiver levedada, retirar a massa do recipiente, com as mãos polvilhadas de farinha e estender  numa superfície lisa.

Dividir a massa em duas  ou três partes.

Moldar dois ou três rolinhos compridos, sendo mais largo um dos lados.

Com a mão espalmar cada um dos rolos, formando tiras.

Enrolar essas tiras de forma a iniciar-se pela parte mais larga, formando uma espiral/pirâmide.

Eu fiz quatro rolinhos e obtive quatro fogaças médias/pequenas.

Colocar as fogaças num tabuleiro forrado com papel vegetal e polvilhado de farinha.

Deixar, de novo, levedar (coberto) durante aproximadamente 1 hora.

10518344_1112538352090194_2471307946831397864_o[1]

 

Por fim, pincelar com ovo batido e com a ajuda duma faca, fazer 4 golpes no topo da pirâmide ( ou seja uma cruz).

12491803_1112538438756852_2929264647413953861_o[1]

 

Levar ao forno pré aquecido a 200º durante cerca de 15 minutos.

De seguida, sem retirar a fogaça do forno, e com a ajuda duma faca voltar a separar os cortes em cruz que foram feitos, de maneira a que o calor penetre no interior, cozendo uniformemente.

 

Deixar um pouco mais no forno até ficarem cozidas.

 

 

Não deixar cozer muito se gostar das fogaças um pouco húmidas no meio.

 

 

 

BLUMEN
tags:
publicado por Tina às 18:29

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2016

BRIOCHES e CROISSANTS

 

12509049_1110733088937387_240719757053697480_n[1].

 

 

500 g de farinha sem fermento

35 g de fermento padeiro

raspa e sumo de uma laranja

80 g de açúcar

1 pitada de sal

150 ml de leite morno

2 gemas

75 g de manteiga

farinha para polvilhar q.b.

1 ovo para pincelar

12401020_1110733268937369_6007002381495856615_n[1]

Juntar num recipiente a farinha, o açúcar, a pitada de sal, a raspa e sumo da laranja, a manteiga derretida ou amolecida, as gemas de ovo e o fermento padeiro que foi previamente diluído no leite.

Mexer todos os ingredientes com a máquina de forma a obter uma massa homogénea e que que se consiga descolar do fundo.

IMG_1783 (1).JPG

Fazer uma bola com a ajuda dum pouco de farinha, cobrir o recipiente com folha aderente e guardar num lugar quente para levedar, durante aproximadamente uma hora.

Quando levedar, colocar a massa numa superfície lisa polvilhada de farinha e formar bolinhas do tamanho dum ovo, se necessário com a ajuda de farinha.

Dispor as bolas num tabuleiro forrado com papel vegetal, coberto com folha aderente e deixar novamente a levedar durante cerca de 15 minutos.

IMG_1789.JPG

Nesta altura, pincelar com o ovo todas as bolas,

De seguida, levar ao forno pré aquecido a 180º durante aproximadamente 20 minutos (depende do forno).

Estão prontos quando cozidos e loirinhos.

Se pretender poderá polvilhar com açúcar em pó.

IMG_1793 (1).JPG

 

Pode se pretender fazer croissants com esta massa.

Basta polvilhar uma superfície com farinha, formar uma bola grande e com a ajuda do rolo da massa tender um retângulo, aparar os lados e cortar triângulos todos iguais, como a da figura que aqui incluo.

IMG_1784 (3).JPG

 

Depois enrolar da parte larga para a fina.

Colocar os croissants num tabuleiro forrado de papel vegetal e proceder conforme a receita anterior.

1915422_1110740582269971_5437345347212233995_n[1].

 

Bom proveito... Bom entretenimento ... bom apetite!

 

BLUMEN
publicado por Tina às 17:01

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 9 de Janeiro de 2016

húngaros

48a109ec-30ee-44a5-8106-d0dd936bcc68[1].jpg

 

 

300 g de farinha

100 g de açúcar em pó

50 g  de  maisena ( amido de milho)

2 gemas

150 g de manteiga derretida

50 ml de leite

1/2 colher de chá de essência de baunilha

1 pitada de sal

gema de ovo para pincelar a bolacha

 

2cc433be-dc43-41b7-9f68-40b6874fe098[1].jpg

 

Juntar todos os ingredientes num recipiente e mexer muito bem até obter uma massa homogénea.

Polvilhar uma superfície com farinha e moldar uma bola.

Com a ajuda do rolo da massa estender a massa uniformemente com uma espessura de cerca de 1/2 cm.

Moldar as bolachinhas com a ajuda dum copo ou de algum instrumento adequado.

Colocar as bolachinhas num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Riscar levemente as bolachas com a ajuda dum garfo. 
Pincelar as bolachas com a gema de ovo.

Levar ao forno pré aquecido a 180º, durante 10 a 15 minutos, depende do forno.

Depois de cozidas, estender num tabuleiro forrado com papel vegetal e reservar.

604f77db-ed7b-4adb-9a45-ccc130cdc9f3[1].jpg

 

Cobertura de chocolate (opcional)

200 g de chocolate em barra de culinária de boa qualidade

 

Levar o chocolate partido em bocados ao lume em banho Maria a derreter.

Retirar do lume e mexer bem.

9d5ce8fd-5afc-4a07-a9b3-97c3b140161c[1] - Cópia.j

 

De seguida, mergulhar um dos lados da bolacha pelo chocolate e colocar em papel de alumínio até arrefecer.

Pode se quiser levar um pouco ao frigorífico.

 

Guardar as bolachas numa caixa bem acondicionadas.

 

 

 

 

 

BLUMEN
publicado por Tina às 20:45

link do post | comentar | favorito
|

húngaros

48a109ec-30ee-44a5-8106-d0dd936bcc68[1].jpg

 

 

300 g de farinha

100 g de açúcar em pó

50 g  de  maisena ( amido de milho)

2 gemas

150 g de manteiga derretida

50 ml de leite

1/2 colher de chá de essência de baunilha

1 pitada de sal

! gema de ovo para pincelar a bolacha

 

2cc433be-dc43-41b7-9f68-40b6874fe098[1].jpg

 

Juntar todos os ingredientes num recipiente e mexer muito bem até obter uma massa homogénea.

Polvilhar uma superfície com farinha e moldar uma bola.

Com a ajuda do rolo da massa estender a massa uniformemente com uma espessura de cerca de 1/2 cm.

Moldar as bolachinhas com a ajuda dum copo ou de algum instrumento adequado.

Colocar as bolachinhas num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Riscar levemente as bolachas com a ajuda dum garfo. 
Pincelar as bolachas com a gema de ovo.

Levar ao forno pré aquecido a 180º, durante 10 a 15 minutos (depende do forno ).

Depois de cozidas, estendê-las num tabuleiro forrado com papel vegetal e reservar.

604f77db-ed7b-4adb-9a45-ccc130cdc9f3[1].jpg

 

Cobertura de chocolate (opcional)

200 g de chocolate em barra de culinária de boa qualidade

 

Levar o chocolate partido em bocados ao lume em banho Maria a derreter.

Retirar do lume e mexer bem.

9d5ce8fd-5afc-4a07-a9b3-97c3b140161c[1] - Cópia.j

 

De seguida, mergulhar um dos lados da bolacha pelo chocolate e colocar em papel de alumínio até arrefecer.

Pode se quiser levar um pouco ao frigorífico.

 

Guardar as bolachas numa caixa bem acondicionadas.

 

PRONTINHAS PARA SE DEGUSTAR NESTES DIAS DE INVERNO, JUNTO À LAREIRA COM UM CHAZINHO A ACOMPANHAR...

bOM aPETITE! !!!!!!!

gULOSAS..... gULOSOS !!!!!!

 

 

 

 

 

BLUMEN
publicado por Tina às 20:24

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016

scones

12495225_1105635306113832_6929646246016445209_n[1]

 

Hoje, um dia chuvoso, frio, de inverno, só apetece ficar em casa, junto à lareira, a tomar um chá quentinho acompanhado duns scones recheados com compota....

Corri para a cozinha e despensa a procurar os ingredientes para preparar uns deliciosos SCONES.

 

Aqui está a receita que fiz, com umas variantes, pois gosto de inovar.

940900_1105635279447168_2833791578753483859_n[1].j

 

300 g de farinha

60 g de manteiga

10 g de açúcar

2 colheres de chá de fermento em pó

150 ml  de leite

1 pitada de sal

raspa de meio limão

1 ovo

uma colher de sopa de pepitas de chocolate (opcional)

 

para pincelar - 1 gema de ovo

 

 

Começa-se por juntar a farinha, o sal, o açúcar, a manteiga derretida, o fermento, a raspa de limão e bate-se tudo com a batedeira eléctrica até a massa ficar homogénea.

De seguida, junta-se o  leite e o ovo e volta-se a bater até obter uma massa que se possa moldar.

Envolvem-se as pepitas de chocolate na massa com colher. ( opcional)

 

Retira-se a massa para uma superfície lisa (bancada), polvilhada de farinha e, com as mãos, molda-se uma bola.

Temos um tabuleiro untado de manteiga e  forrado com papel vegetal ( o papel por sua vez também deve estar untado com manteiga).

Moldam-se pequenas bolinhas do tamanho dum ovo e dispõem-se no tabuleiro.

Levam-se os scones ao forno pré aquecido a 200º durante cerca de 15 minutos.

Passados sete minutos e meio, sem retirar o tabuleiro do forno, pincelam-se os scones com a gema de ovo e deixa-se no forno a acabar de cozinhar até completar os 15 minutos.

 

Retiram-se do tabuleiro quando prontos e servem-se acompanhados duma compota ou manteiga... ahhhhh... e um chazinho gostoso, quentinho, para aquecer a ALMA e o CORPO!

 

(Estes foram confecionados sem as pepitas de chocolate, pois não tinha na despensa, mas em tempos ja os preparei com as pepitas e gostei!)

Bom apetite !!!

 

BLUMEN
tags:
publicado por Tina às 17:29

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Novembro de 2015

QUEIJADA EM BOLO DE CHUCHU, COCO RALADO NUMA CAMA CROCANTE

12239507_1082615478415815_8887893551811758364_n[1]

 

500 g de chuchus

220 g de açúcar

1 pau de canela

2 colheres de sopa de coco ralado

raspa de 1 limão

1 colher de sopa de vinho do Porto

3 colheres de sopa bem cheias de farinha

2 colheres de chá de fermento

3 ovos inteiros

 

 

12241730_1082614975082532_2998678520797901350_n[1]

Ter o forno pré aquecido a 180º.

Cozer os chuchus descascados e sem caroço em água e sal.

Quando cozidos, retirar da água e passar a varinha até obter um creme.

 

12235104_1082614861749210_8743270716555540288_n[1]

Levar ao lume a ferver durante cerca de 20 minutos, a mistura do açúcar, pau de canela, raspa de limão e vinho do Porto.

Acrescentar a polpa de chuchu  e envolver tudo muito bem.

Reservar enquanto arrefece.

Quando frio, juntar os ovos inteiros, a farinha com o fermento, o coco ralado e mexer muito bem para envolver todos os ingredientes.

Untar uma forma de tarteira ou redonda, baixa, com manteiga.

( Esta queijada eu preparei numa forma com buraco no meio para experimentar).

Polvilhar de farinha.

De seguida, passar a forma por água quente, voltar a polvilhar de farinha e sacudir ate sair o excesso.

Repetir com água quente e farinha a mesma operação até obter uma película que forre a forma, de forma a formar uma massa protetora duma queijada.

Repete-se as vezes que se quiser, sendo a última de farinha.

Verter o preparado na forma e levar ao forno durante  30 minutos.

Quando cozido, deixar arrefecer um pouco antes de desenformar.

Ao desenformar, fazê-lo com cuidado, para não desfazer a massa, que deve ficar crocante e que envolve a queijada.

 

Se preferir, também poderá confeccionar pequenas queijadinhas em vez dum bolo de queijada. 

BLUMEN
publicado por Tina às 19:24

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 24 de Outubro de 2015

bolo de mousse de chocolate com coco ralado

 

11898750_1069467989730564_7033683019621320425_n[2]

 

massa

 

6 ovos

7 colheres de sopa de chocolate em pó ou cacau

8 colheres de sopa de açúcar

1 colher bem cheia de sopa de fermento em pó

2 colheres de sopa de manteiga

150 g de coco ralado

11026232_1069467986397231_1201244255674278062_n[1]

cobertura

 

0,5 litro de leite

açúcar q.b.

3/4 de chávena de chá de cacau ou chocolate em pó

2 colheres de sopa de farinha maisena

uma pitada de sal

1 colher de chá de manteiga

1 cálice de vinho Moscatel Favaios

 

12033045_1069446993065997_5818500986380715893_n[2]

12004000_1069446989732664_4410051439167380118_n[1]

Bater o açúcar com a manteiga até obter um creme fofo.

De seguida, juntar, um a um, os ovos inteiros e envolver muito bem no creme anterior.

Acrescentar o chocolate ou cacau, o fermento em pó e por fim o coco ralado (este envolvido apenas).

Envolver tudo muito bem.

12049544_1069446996399330_2518299279510623142_n[2]

Verter o preparado numa forma redonda untada de manteiga e forrada com papel vegetal, também este untado de manteiga.

Enquanto coze no forno (já pré aquecido) a 180 graus, durante cerca de 25 a 30 minutos, preparar a cobertura.

 

unnamed[4].jpg

 

 Levar ao lume num tacho, o leite, umas pedrinhas de sal, a manteiga, a farinha maisena e o açúcar a gosto e o vinho Moscatel de Favaios.

Mexer sempre até engrossar.

 

unnamed[3].jpg

 

 

Quando o bolo estiver pronto, desenformar depois de arrefecer um pouco e cobrir com este creme.

 

HUMMMMMM...!!!
Bem BOM !!!!

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
publicado por Tina às 17:06

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Julho de 2015

compota de cereja

 

IMG_0141.JPG

 

 

1 kg de cereja

1 kg de açúcar

2 florinhas de cravinho da Índia

casca de 1/2 limão

1 pau de canela

 

IMG_0100.JPG

 

Lavam-se as cerejas, deixa-se o caroço, mas retiram-se as hastes.

Pesam-se as cerejas de seguida.

 

IMG_0120.JPG

 

 

Num tacho, juntam-se todos os ingredientes e envolvem-se muito bem, com uma colher.

 

IMG_0121.JPG

 

Leva-se a cozer em lume brando e vai-se, de vez em quando, mexendo com a colher.

IMG_0124.JPG

 

Retira-se do lume quando atingir o ponto de compota.

IMG_0129.JPG

 

Enchem-se frascos adequados para compotas, devidamente limpos e que fechem hermeticamente.

Só se tapam quando o preparado estiver frio.

 

IMG_0127.JPG

IMG_0143.JPG

 

Guarda-se em lugar fresco e seco.

BLUMEN
publicado por Tina às 17:26

link do post | comentar | favorito
|

Compota de ameixa

 

 

IMG_0139.JPG

 

 

 

 1 kg de ameixa

1 kg de açúcar 

casca de 1/2 limão 

1 pau de canela 

2 florinhas de cravinhos da Índia

IMG_0099.JPG

  Lavam-se as ameixas, descaroçam-se e só depois é que se pesa.

FullSizeRender (19).jpg

IMG_0082.JPG

Num tacho, juntam-se as ameixas, o açúcar, o cravinho da Índia, o pau de canela, a casca de limão e envolve-se tudo com a colher, antes de levar ao lume.

 

IMG_0086 (2).JPG

 Leva-se a lume brando a cozer.

De quando em vez, mexe-se o preparado com colher.

IMG_0088 (1).JPG

 Quando atingir o ponto de compota, retira-se do lume, enchem-se os frascos apropriados e deixa-se arrefecer.

Tapam-se os frascos quando  o doce estiver frio.

IMG_0090 (2).JPG

 Guarda-se em lugar fresco e seco.

 

IMG_0096.JPG

IMG_0134.JPG

IMG_0092.JPG

IMG_0130.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
publicado por Tina às 16:13

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Julho de 2015

Bolo de maçã, canela e nozes... bolo da Rosário

 

 

20150721_194044 (3).jpg

 

 

 Ontem, estava com vontade grande de comer um "docinho"... lembrei-me dum bolo que a minha Mãe fazia com canela, maçã e vinho do Porto.

Aquele sabor, aquele gostinho tão agradável da maçã embebida num xarope de vinho do Porto, canela e açúcar era irresistível ... eu devorava o bolo com sofreguidão, com gulodice.

 

Há tempos comi um bolo semelhante confecionado por uma amiga da minha filha.

Não resisti em conseguir a receita.

 

Pois aqui a têm com apenas uma variante minha.

O original não leva vinho do Porto.
Resolvi fazer o tal xarope e embeber a maçã durante alguns minutos.

E ... está definidamente aprovado para o meu gosto, claro!

Esta receita deu para fazer dois bolos em duas formas médias.

 

20150721_194044.jpg

 

Ingredientes

 

1 +3/4 chávenas de açúcar (quase 2 chávenas)

3 chávenas de farinha sem fermento

1 chávena de óleo

4 ovos inteiros

1 colher de café de sal

1 colher de chá de bicabornato de sódio

4 maçãs médias descacadas e cortadas em pequenos bocados

1 chávena de  miolo de noz

 

 

 

 

 

20150721_175555.jpg

 xarope

1 chávena de meia de vinho do Porto

1 colher de sopa de açúcar que se roubou à quantidade acima dos ingredientes

1 colher bem cheia de canela em pó

 

20150721_194044 (2).jpg

Antes de começar a preparar o bolo, ligar o forno a 200º;

Preparar o xarope, misturando bem todos os ingredientes;

Envolver, muito bem, no xarope, a maçã cortada em bocadinhos e o miolo de noz.

Deixar nesta calda até preparar a massa do bolo.

20150721_194004.jpg

Se pretender preparar a massa como o original, basta juntar todos os ingredientes muito bem e, só no fim, acrescentar o xarope com as nozes e maçã.

20150721_193944.jpg

Se desejar, poderá preparar como eu fiz:

Bater os ovos com o açúcar e as pedrinhas de sal, até obter uma boa gemada.

Depois, alternadamente, juntar a farinha com o bicabornato de sódio e o óleo.

Bater bem com a batedeira.

Por fim, acrescentar, envolvendo com a colher, o xarope com com as maçãs, nozes e canela em pó.

20150721_194035.jpg

 

 

 

Levar ao forno em forma com buraco no meio, devidamente untada de manteiga e polvilhada de farinha, a 150º.

Quando pronto,  desenformar somente depois de arrefecer.

 

 

 

 

BLUMEN
publicado por Tina às 15:00

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2015

SCONES

 

fotografia (101).JPG

 

 

 

300 g de farinha

70 g de manteira derretida

2 colheres bem cheias de fermento em pó

1 pitada de sal

150 ml de leite

1 ovo inteiro

20g de açúcar

 

fotografia (98).JPG

 

Habitualmente costumo preparar a massa na máquina/batedeira elétrica.

 

Juntar a farinha, o fermento com o açúcar e o sal.

Em seguida, acrescentar a manteiga derretida, o ovo inteiro e o leite aos poucos.

Juntar tudo muito bem.

Retirar a massa do copo da batedeira.

Polvilhar a mesa com farinha e fazer uma bola com a massa.

Se quisermos podemos misturar na massa (quando se trata de scones para um aniversário de crianças), bocadinhos de chocolate.

Eles adoram e ficam muito bom.

Também podemos juntar na massa raspa de casca de laranja.

 

fotografia (96).JPG

 

 

A consistência da massa deve ser de forma a se poder trabalhar com as mãos enfarinhadas.

 

fotografia (97).JPG

 

Fazem-se bolinhas que se colocam num tabuleiro untado de manteiga e polvilhado de farinha.

Pincelam-se com ovo batido.

 

fotografia (99).JPG

 

Leva-se ao forno pré aquecido a 210º durante cerca de 15  minutos.

Quando prontos, servir com geleia, compota de frutos, manteiga, queijo, enfim, com o que quiserem e acompanhar dum chá.

 

 

 

BLUMEN
tags:
publicado por Tina às 12:03

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2014

tarte de chuchu

1512466_903144056362959_6938308751999409525_n[1].j

10846009_903144076362957_1652979172865377692_n[1].

10426212_903144096362955_8952492142755708760_n[1].

 

500 g chuchu
220 g açúcar
1 pau canela
Raspa de limão
1 colher sopa de vinho Porto
3 colheres de sopa bem cheias de farinha
2 colheres de chá fermento
3 ovos

 

10690222_903143879696310_2049245840234980952_n[1].

 Ter o forno pré aquecido a 180 graus

Cozer os chuchus descascados com uma pitada de sal e passar a varinha.

1470377_903143899696308_4952259044104075424_n[2].j

 Levar este preparado a ferver, ao lume, durante 20 minutos com o pau de canela , o açúcar, o vinho do Porto e a raspa limão.

10389278_903143916362973_8186424601744852344_n[1].

10590509_903143939696304_7945986905118851064_n[1].

 

10247462_903143949696303_7644807620743838944_n[1].

 Deixar arrefecer e juntar os ovos inteiros, a farinha, e o fermento.

10425424_903143963029635_3721009249736521989_n[1].

Untar uma tarteira com manteiga e polvilhada com farinha.

1454700_903143973029634_5940527654062291075_n[1].j

 Verter o preparado e levar ao forno durante 30 minutos.

10387334_903144009696297_1101655053754489497_n[1].

1907324_903144039696294_5934835109020640989_n[1].j

 Depois é só desenformar.... Deixar arrefecer e comer...

1555326_903144086362956_1344676510083544360_n[1].j

 Hummmmmmm...
Deliciosa....
Fácil de preparar !

BLUMEN
publicado por Tina às 20:24

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Abril de 2014

creme de tapioca

 

 

 

 

meia chávena de chá de tapioca

3 chávenas e meia de chá de leite

1 pau de canela

1 fava de baunilha

casca de limão

1 chávena de chá de açúcar

2 gemas passadas pelo coador

canela para polvilhar ou açúcar q.b. para polvilhar e queimar

 

 

 

 

 

 

Deixar de molho, dum dia para o outro, a tapioca em duas chávenas de leite.

Passado esse tempo, acrescentar o restante leite, o pau de canela, a fava de baunilha e a casca de limão.

 

 

Juntar o açúcar e levar ao lume, até a tapioca amaciar.

Ao lado,  num recipiente pequeno, juntar às gemas, um pouco de leite, mexendo sempre, para os ovos não cozerem.

 

 

 Acrescentar esta gemada ao preparado anterior e deixar no lume até engrossar um pouco.

 

 

 Servir em taças ou num único tabuleiro.

 

 

 Pode servir quente ou frio, polvilhado com canela ou se preferir, polvilhado com açúcar e queimado com o utensílio próprio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blumen
tags: ,
publicado por Tina às 18:33

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013

compota de dióspiro ( caqui no Brasil )

 

 

 

 

 

Já apresentei aqui, em tempos um doce de dióspiro, mas hoje preparei uma compota um pouco diferente, na textura, no palador e forma de confecionar.

Com um pouco da minha imaginação, mas ficou ótima... já provei e dei a provar cá em casa e aprovaram/gostaram!
Como sempre, vou partilhar e mostrar algumas imagens, para adoçar o apetite...

 

 

 

 

Como sabem, o dióspiro é um fruto que é muito doce, por conseguinte, não necessita de muito açúcar na preparação da compota.

 

 

 

1 kg de polpa de dióspiro ( caqui, no Brasil)

600 g de açúcar

casca de 1 laranja ralada

1 colher de sopa de vinho de Favaios (ou então vinho do Porto)

1 pau de canela

casca de limão

2 cravinhos

 

 

 

 

 

Lavam-se os dióspiros, retira-se o miolo, pesa-se e junta-se ao açúcar.

Acrescentam-se todos os restantes ingredientes, em frio, e envolve-se tudo num tacho, muito bem misturado.

 

      

 

 

Leva-se ao lume moderado e, de quando em quando, vai-se mexendo com a colher.

Está pronto quando ganhar o ponto de compota.

Para se verificar esse ponto, basta colocar um pouco num prato, deixar arrefecer e se abrir estrada, já está confecionada a compota.

 

 

      

 

 

Guardam-se em frasquinhos próprios para este efeito.

Serve-se com bolachas ou qualquer espécie de queijo, nozes ou amêndoas.

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
publicado por Tina às 14:29

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Novembro de 2013

OUTONO - Época das castanhas e das abóboras

 

 

 

ÉPOCA DAS CASTANHAS E DAS ABÓBORAS

 

Deixo aqui imagens de castanhas e de abóboras...

Imaginem o que podem confecionar com tudo isto!
Eu vou imaginando e partilhando aqui!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
publicado por Tina às 16:01

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Outubro de 2013

gambas à Braz - gambas com bacalhau e cogumelos à Braz

 

 

Receita para cerca de 4 pessoas

 

1 pacote de batata palha, frita

1 pacote de miolo de camarão ou gamba

1 cebola grande laminada

3 dentes de alho laminados

azeite q.b.

sal a gosto

salsa q.b.

coentros q.b.

pimenta a gosto

6 ovos inteiros, batidos

azeitonas para guarnecer

 

 

 

Cobre-se o fundo dum tacho largo, com azeite, onde se misturam os alhos laminados,  as cebolas também laminadas, e o sal a gosto.

Deixa-se refogar um pouco, não deixando queimar a cebola e os alhos.

Junta-se agora o miolo de camarão ou gamba cozido e cortado aos bocados.

 

 

Refoga um pouco mais, mexendo sempre.

Quando estiver bem refogado, acrescenta-se a batata palha.

De novo, mexe-se o preparado e juntam-se os ovos batidos.

Rectifica-se o tempero e, dependendo do gosto, pode juntar-se um pouco de pimenta (pouca)

 

 

Pode ser servido numa travessa, guarnecido com coentros, salsa e azeitonas.

 

 

 

(como não tinha coentros e salsa, só acrescentei azeitonas)

 

 

 

Gambas com cogumelos e bacalhau à Braz 

 

Deixo aqui também outra versão de gambas com cogumelos e bacalhau à Braz.

acrescentei aos ingredientes acima, uma lata de cogumelos laminados, duas postas pequenas de bacalhau cozido, esfiado e mais dois ovos inteiros batidos.

 

Como quando confecionei este prato já tinha coentros e salsa picados, enfeitei com um pouco, além de os incluir dentro da massa, enquanto juntava os ovos.

Ficam as imagens.

 

 

BOM APETITE!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
tags: ,
publicado por Tina às 15:38

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Maio de 2013

COELHO À CAÇADOR À MINHA MANEIRA

 

 

 

 

1 coelho
Meio litro de vinho maduro tinto
Azeite
6 cebolas pequenas/muito pequenas, mesmo, inteiras, descascadas
6 dentes de alhos inteiros, descascados
Sal ao gosto
1 malagueta de piripíri
Uma chávena de chá de tomate pelado ou 3 tomates pelados maduros, sem casca
1 folha de louro
1 raminho de salsa
 
 
Começa-se por juntar todos os ingredientes, antes de levar ao lume, num tacho fundo.
Primeiro o azeite, que deve cobrir o fundo do tacho, com uma altura de cerca de 1 cm/ 1, 5 cm., as cebolinhas inteiras, os alhos inteiros com um golpe no meio, o  piripíri, o sal, o vinho (que deverá ser de boa qualidade) o tomate pelado (ou 3 tomates maduros sem casca - que são mergulhados durante uns segundos dentro de água a ferver, para assim se poder retirar com facilidade a pele), o louro e a salsa.
De seguida,  o coelho devidamente limpo e cortado aos pedacinhos.
 
 
 
Leva-se ao lume a cozinhar, em lume brando, tapado.
Vai-se mexendo de quando em quando para não agarrar ao fundo e se for necessário, junta-se um pouco  mais de vinho.
Está pronto quando o molho engrossar e o coelho estiver com aspeto castanho.
Antes de desligar o lume, retificar de sal e outros temperos, se for caso disso.
    
 

 
Quando estiver tudo bem apurado e cozinhado,  pode retirar-se  do lume e servir-se acompanhado de batatinha cozida, arroz de forno/arroz branco ou tostinhas de pão.
 
 
BLUMEN
sinto-me: Blumen
publicado por Tina às 15:06

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013

arroz de bacalhau com feijão

Tinha umas sobras/sobejos de bacalhau cozido no congelador - então pensei que um arroz de bacalhau ficaria óptimo com essas sobras.
Lembrei-me de modificar um pouco o sabor do arroz que habitualmente preparo.

Encontrei no congelador alguns pimentos cortados, de várias cores, um pouco de coentros, salsa picada, feijão cozido e tomatinhos anões.

 

 

(prato para cerca de 6 a 8 pessoas - dependendo daquilo que cada um come, claro!)

 

cerca de 2 postas de bacalhau

3 tomatinhos anões 

um pouco de coentros picados

um pouco de salsa picada

1 rodela de salpicão cortada aos bocados

azeite q. b.

sal q. b.

1 malagueta de piripíri

uma chávena de chá cheia de tiras de pimentos (usei verde e encarnados)

uma folha de louro

1 chávena e meia de chá de arroz carolino

4  chávenas e meia de chá de água

1 cebola cortada às rodelinhas pequenas (não cebola picada)

2 dentes de alho laminados

meio cálice de vinho do Porto

cerca de 2 chávenas de chá de feijão cozido (este era encarnado)

 

 

 

 

 

Vou preparar este prato todo em frio, pois é mais saudável e fica da mesma forma bom.

 

 

 

 

 

Cobrir o fundo dum tacho com azeite.

Juntar a cebola, os alhos, o louro, os pimentos, os tomatinhos, o salpicão, os coentros, a salsa, o bacalhau cortado aos bocados, sem espinhas e peles (não esfiado), o piripíri, enfim, todos os ingredientes que acima referi, excepto o sal, vinho, água, arroz e feijão.

 

 

        

Levar ao lume brando, tapado, e deixar cozinhar até alourar um pouco o bacalhau e amaciar todos os outros ingredientes.

Juntar o vinho e voltar a tapar.

Deixar refogar um pouco mais.

Quando este evaporar, juntar a água quente e temperar com sal a gosto.

Deixar levantar fervura e, de seguida, juntar o arroz e o feijão cozido.

Mexer tudo, de forma a envolver todos os ingredientes.

Rectificar de sal.

Deixar cozinhar mais um pouco até o arroz cozer.

Servir de imediato o arroz que deve ficar aguado/malandrinho, termos que usamos cá no norte!

 

O arroz  seguinte já foi preparado duma forma diferente

 

 

Fiz umas pequenas alterações à receita

 

 

Não incluí os pimentos, nem tomate, mas acrescentei um molho de espigos de couves (ou seja, grelos de couves), que foram previamente bem lavados. 

 

 

 

 

 

Em vez de vinho branco, usei tinto, o que alterou um pouco a cor dos bocados de bacalhau.

Juntei-os ao mesmo tempo que juntei a água à calda do arroz.

Deixo algumas imagens.

 

 

 

 

Então... ?

 

BOM APETITE!...

BOM PROVEITO!...

BOM APROVEITAMENTO DE SOBRAS DE BACALHAU!...

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
publicado por Tina às 14:32

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013

bolo de maracujá

 

Com um tempo tão cinzento, tão chuvoso, tão frio,  que se faz sentir nesta Janeiro de 2013, só apetece mesmo ficar no quentinho de nosso lar - e ao lanche saborear um boa fatia de bolo confeccionada por nós acompanhada duma chávena ou duas de chá bem quentinho!

Então, surgiu-me a ideia de "inventar" uma receita dum bolo que se preparasse depressa e com alguns ingredientes que tivesse na despensa...

Abri o armário e vi uma lata de leite de coco, outra de polpa de maracujá, açúcar, farinha, fermento em pó...

Abri o frigorífico e vi ovos, manteiga, iogurte de maracujá...

Então, pensei que misturando um pouco destes sabores com açúcar, farinha e ovos daria um belo bolo húmido, como eu gosto.... no liquidificador, tudo muito bem misturado.

E mãos à obra... toca a ir para a cozinha ...

Liguei o forno a 200º, enquanto preparava tudo.

 

8 ovos inteiros

2 xícaras de chá de açúcar

2 xícaras de chá de farinha

1 colher de sopa de fermento

3 colheres de sopa de leite de coco

3 colheres de sopa de polpa de maracujá

3 colheres de sopa de iogurte de maracujá

2 colheres de sopa de manteiga

 

 

 

 

Juntei todo estes ingredientes dentro do copo misturador (do liquidificador) e liguei a máquina até obter um creme espesso, homogéneo.

Untei uma forma redonda com manteiga e polvilhada de farinha.

Verti o preparado dentro da forma e levei ao forno pré aquecido a 180º.

Cozeu rapidamente - verifiquei com o teste do palito.

 

 

Deixei arrefecer e de seguida desenformei.

 

 

 

 

 

 

 Provei e estava óptimo... macio, fofo, húmido, não muito doce, com um trago a maracujá...

 

 

 

 

 

Pena ter sido confeccionado com ovos normais, pois se fossem caseiros a cor seria mais apelativa...

 

 

 

 

 

Comi uma fatia com um chazinho bem quentinho... BOM...muito BOM!

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
publicado por Tina às 18:04

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Janeiro de 2013

BOLO DE CENOURA COM COBERTURA DE CHOCOLATE

 

 

 

 

 

 

 

4 ovos

 5 cenouras médias descascadas e cortadas às rodelas

1 xícara de chá de manteiga

2 xícaras de chá de açúcar

2 xícaras de chá de farinha (pode-se roubar uma colher de sopa)

1 colher de sopa de fermento em  pó

Raspa da casca de 1 laranja

 

 

Levar todos estes ingredientes ao liquidificador até se obter um creme homogéneo.

De seguida untar uma forma com manteiga e polvilhar de farinha.

Verter o preparada para dentro  e levar ao forno pré aquecido a  180º.

Cuidado, pois coze num instante - verificar a cozedura do mesmo com um palito

 

Retirar do lume quando pronto e deixar arrefecer.

Quando no prato de servir, cobrir se pretender com a cobertura de chocolate.

Eu aprecio o chocolate quente - acabadinho de fazer…

 

 

 

Modo de preparação da Cobertura de chocolate

 

Num tacho, levar ao lume até engrossar os ingredientes abaixo:… (até o creme levantar fervura, pois ele quente não chega a engrossar o suficiente - só engrossa depois de arrefecer um pouco).

 

1 colher de sopa de manteiga

½ xícara de leite (pode ser um pouco menos quantidade de leite)

8 colheres de sopa de chocolate em pó

2 colheres de sopa de açúcar

se gostar - 1 colher de chá de canela em pó

 

 

Quando conseguir um creme espesso, cobrir o bolo todo.

Eu não salpiquei, mas pode salpicar o bolo com raspa de casca de laranja.

 

 

Servir com um chazinho a gosto ou quiçá outra bebida quente… ou gelada…depende da estação do ano!

 

BOM APETITE!

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
publicado por Tina às 20:32

link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

cuco

arquivos

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Abril 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Maio 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

tags

todas as tags

links

deliciem-se...

019[1] 008 001 (2) 158 mflortavares mflortavares Todas as fotografias deste Blog têm direitos reservados. No caso de pretender utilizar alguma, recordo que deverá contactar-me previamente e solicitar autorização para tal.

favorito

Ponto Final

Caminhar entre flores

The questions

Mulher

Ciclos

Sentimentos reencontrados

sonhos ... reminiscência...

sonhando...!

amor emprestado....

Os Malinos

posts recentes

fogaça

BRIOCHES e CROISSANTS

húngaros

húngaros

scones

QUEIJADA EM BOLO DE CHUCH...

bolo de mousse de chocola...

compota de cereja

Compota de ameixa

Bolo de maçã, canela e no...

SCONES

tarte de chuchu

creme de tapioca

compota de dióspiro ( caq...

OUTONO - Época das cas...

contador

Alex Tina Tavares | Cria o teu cartão de visita
Tina Tavares

Cria o teu cartão de visita

subscrever feeds

blogs SAPO
minha rádio cotonete:

tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.