Domingo, 27 de Março de 2011

sopa de legumes

 

Sopa, um prato muito fácil de preparar, básico, com nutrientes necessários ao equilíbrio de nossa saúde.

Tanta forma existe de a preparar, mas hoje trago esta maneira, fácil e não dispendiosa.

Desde criança que fui sempre habituada a comer no início das refeições uma sopa e esse hábito ainda o conservo...  acho que meu estômago fica mais aconchegado e sinto-me agradavelmente bem comendo à noite apenas sopa!

 

 

 

2 batatas médias descascadas e cortadas aos bocados

2 cenouras descascadas e cortadas aos bocados

1/2 cebola cortada

2 dentes de alho cortados

1/2 alho francês bem lavado e laminado  (costumo deixá-lo cortado às rodelas em água fria, com um pouco de vinagre, para ficar livre de areias, terra ou qualquer insecto).

1/2 couve tipo repolho cortado (também a lavo bem e deixo-a como o alho francês em água e umas gotas de vinagre)

um pouco de salsa

3 rodelas de curgete com casca, lavada e cortada aos cubinhos

2 rodelas de chuchu cortado aos cubos

2 cubos pequenos de abóbora

1 nabo descascado e cortado aos bocados

sal a gosto

um fio de bom azeite

 

 

 

Leva-se ao lume uma panela quase cheia de água e sal.

Introduz-se dentro todos os legumes bem lavados e cortados aos bocados, inclusive a couve.

Tapa-se.

Deixa-se cozer em lume brando até tudo ficar bem cozido e macio.

Retira-se a couve, alguns pedaços de todos os legumes e reserva-se.

O que restou dentro da panela, com toda a batata (esta não a retiro), passo com a varinha mágica até obter um creme. Se estiver muito grosso, acrescenta-se um pouco de água.

De seguida, juntam-se os restantes legumes cortados aos bocados e acrescenta-se o fio de azeite.

Leva-se a ferver de novo ao lume.

Se pretender um creme de legumes, pode optar por passar a varinha por todos os legumes e não reservar nenhum.

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
tags: ,
publicado por Tina às 15:17

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

empadão de bacalhau

 

 

 

Hoje quis aproveitar sobejos de bacalhau cozido, de batatas, de ovo e de couve... tudo sobras dum prato de bacalhau cozido com todos.

Lembro-me, quando criança de minha mãe confeccionar um prato parecido e que eu apreciava, de todo!

E como estamos numa era de austeridade, de aproveitamento (como outrora se fazia e eu sempre faço, claro)... cá vai a receita que é óptima para quem gosta de bacalhau!

Não é difícil de preparar, apenas um pouco trabalhosa!

Então mãos à obra e toca a colocar o avental e ... a correr para a cozinha!... Não caiam... vá lá!

Não se esqueçam de levar os headphones e enquanto trabalham vão abanando o corpo ao ritmo de uma musiquinha agradável... é salutar e não gastam no ginásio!

POUPANÇA.... !

Sou amiga ou não?!...

 

 

 (prato para cerca de 8 pessoas (depende do que comem, claro!)

 

 

 3 ou 4 postas grandes de bacalhau demolhado, cozido ou se quiserem as sobras duma qualquer refeição

8 a 9 batatas cozidas e cortadas às rodelas

2 cebolas cortadas em rodelas

1 couve repolho cozida

sal a gosto

3 ou 4  ovos cozidos

3 dentes de alho laminados

azeite q. b.

1/2 copo de vinho branco

1 ovo inteiro para pincelar no fim o empadão

Se pretender pode utilizar 1 ou 2 cenouras cozidas e cortadas às rodelas

 

 

 

molho bechamel

 

1 litro de leite

sal a gosto

3 colheres de sopa de maisena

1 colher de sopa de manteiga

(se preferirem podem comprar o molho feito)

 

Se não gostarem de bechamel podem preparar um puré de batata... depende dos gostos.. e fica óptimo, também!

 

 

 

  

 

 

 Começa-se por preparar o molho bechamel.

Leva-se ao lume o leite e todos os outros ingredientes desfeitos no leite, até engrossar e formar um creme (sempre mexendo com colher).

 

 

 Puré de batata

Se pretender um puré, basta utilizar algumas batatas cozidas, passá-las pelo passe vite (particularmente, eu gosto mais de a utilizar este instrumento, um pouco em desuso, que desfazê-las com a varinha), juntar um pouco de sal, uma colher de manteiga, um pouco de leite e levar ao lume até obter a consistência de puré.

Mexer sempre com colher.

 

  

 

 Cobre-se o fundo dum tacho com um bom bocado de azeite, para obtermos o molho suficiente para se regar este prato.

Junta-se a cebola cortada em rodelas , o sal a gosto e o alho laminado.

Leva-se ao lume brando (sem queimar a cebola e alho), e deixa-se cozinhar até a cebola ficar macia.

Junta-se, por fim, o vinho e volta a cozinhar, em lume brando,  até este evaporar.

Está pronto, depois de rectificar o sal.

 

 

     

 

 

 Cortam-se as batatas e  o ovo às rodelas.

Tenta-se ter o bacalhau esfiapado, depois de limpo de espinhas e de peles.

Corta-se a couve em bocados.

Atenção -Se gostar de cenoura também pode cozer um pouco e cortá-la em rodelas (fica saboroso e dá cor ao prato).

A preparação do prato é feita numa assadeira de pirex ou outra de ir ao forno ( eu prefiro pirex transparente, para se ver o colorido por fora, o casamento de sabores).

Forra-se o fundo com puré ou molho béchamel, ou até rodelas de batata cozida.

De seguida, cobre-se com uma camada de bacalhau, outra de ovo, outra de couve, outra de batata, e assim sucessivamente.

Por fim, rega-se com o molho.

Cobre-se com o molho bechamel ou com puré de batata.

Pincela-se com o ovo batido e leva-se ao forno a alourar ( até o empadão ficar quente, no caso de serem aproveitamentos e eles estarem frios).

 

 

Bom aproveitamento...HUMMMMMMMMMMMM..que cheirinho agradável!!!!!....

(Pode utilizar outro peixe, se preferir, em vez de bacalhau!)

 

 

 

 

 

 

    

 

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
publicado por Tina às 19:48

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Março de 2011

tarte de coco

 

Uma tarte que quando meus filhos eram miúdos eu costumava fazer, duma forma um pouco diferente, pois em  vez de massa folhada eu usava massa quebrada ou outra.

Na época ainda não havia massas já preparadas em hipermercados... aliás não havia hipermercados no nosso país, nem havia tantos ingredientes como hoje!

No dia de aniversário dum de meus netos, este fim-de-semana, eu e minha filha, Mariana, lembrámo-nos de preparar esta sobremesa, entre outras mais.

Procurei no meu livro de receitas e a minha filha confeccionou esta tarte com algumas alterações... mas que ficou óptima.

Outra mudança da receita, foi incluir iogurte de coco, o que na época não o fazia...  nem havia iogurte de coco, creio!

 

 

1 embalagem de massa folhada para forrar a tarteira 

4 ovos inteiros

250g de coco

250g de açúcar

2 colheres de manteiga

2 iogurtes de coco

1 colher de farinha maisena

 

 

Batem-se os ovos inteiros com o açúcar até obter uma gemada.

De seguida, junta-se a manteiga derretida, o coco ralado, os iogurtes mexidos e por fim a farinha maisena.

Forra-se uma tarteira com papel vegetal (pode aproveitar-se o papel onde vem a massa folhada).

Unta-se o papel com manteiga e verte-se a massa para dentro.

Leva-se ao forno pré aquecido a 180º até a tarte ficar completamente cozida e um pouco lourinha em cima.

Desenforma-se depois de arrefecer.

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
tags: ,
publicado por Tina às 12:27

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

bifinhos de peru à moda de meu filho

 

Esta receita não é minha...  a receita é de meu filho, Alex, que gosta e sabe de cozinha, como se de um bom cozinheiro (bom cozinheiro, claro) se tratasse!

Afinal, ele sempre teve uma queda especial para elaborar pratos, confeccioná-los e  muita imaginação  na apresentação dos mesmos...!

Hoje, pedi-lhe autorização para deixar que eu publicasse  um dos pratos que ele, este fim-de-semana, confeccionou para os amigos.

Já tenho aprendido muitas coisas ("truques", que é o termo exato) com ele, na preparação de algumas iguarias... deliciosas.... acreditem!

Bem, vou então partilhar aqui o prato que ele conseguiu elaborar e que diz ter sido fácil na sua composição/preparação e, bem assim, sua deglutição...

Sempre acompanhado dum bom " Hendrick´s  Gin tonic"... segundo me confidenciou!

O segredo deste "Gin..."  muito gelo e rodelas de pepino...

HUMMMMMMMMMMMM...!

Não gosto de GIN...de todo!

 

 

 10 bifinhos de peru cortados aos bocados pequenos

1 lata de cogumelos laminados

1 pacote de natas

sal a gosto

1 folha de louro

azeite q.b.

2 cebolas pequenas picadas

6 dentes de alho picados

1 pacote e miolo de gamba (250g)

1 lata de milho cozido

salsa picada a gosto

1 lata de ananás cortado aos bocados

1 copo de champanhe

 

 

para acompanhamento arroz seco, solto, frito  ou feito no forno

 

 

 

 

Cobre-se o fundo dum tacho com azeite, onde se pica a cebola e o alho.

Juntam-se os bifinhos a alourar um pouco, junta-se  o champanhe, o sal, o louro.

Deixa-se refogar um pouco no mínimo.

Agora, acrescentam-se as natas com os cogumelos.

Tapa-se e deixa-se engrossar.

Acrescenta-se o milho e o ananás cortado aos bocados e envolve-se tudo no preparado.

Rectificam-se os temperos.

Enfeita-se com salsa picada.

 

Serve-se acompanhado de arroz seco.

 

 

 

 

 

BLUMEN
sinto-me: Blume
tags: ,
publicado por Tina às 18:35

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

cuco

arquivos

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Abril 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Maio 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

tags

todas as tags

links

deliciem-se...

019[1] 008 001 (2) 158 mflortavares mflortavares Todas as fotografias deste Blog têm direitos reservados. No caso de pretender utilizar alguma, recordo que deverá contactar-me previamente e solicitar autorização para tal.

favorito

Ponto Final

Caminhar entre flores

The questions

Mulher

Ciclos

Sentimentos reencontrados

sonhos ... reminiscência...

sonhando...!

amor emprestado....

Os Malinos

posts recentes

fogaça

BRIOCHES e CROISSANTS

húngaros

húngaros

scones

QUEIJADA EM BOLO DE CHUCH...

bolo de mousse de chocola...

compota de cereja

Compota de ameixa

Bolo de maçã, canela e no...

SCONES

tarte de chuchu

creme de tapioca

compota de dióspiro ( caq...

OUTONO - Época das cas...

contador

Alex Tina Tavares | Cria o teu cartão de visita
Tina Tavares

Cria o teu cartão de visita

subscrever feeds

blogs SAPO
minha rádio cotonete:

tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.