Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Compota de chuchu

por Tina, em 15.10.09

 

 

 

 

1 kg de chuchu (peso sem casca e caroço)

3 quartos de kg de açúcar = 750 g

1 pau de canela

1 casca de limão

1 cravinho da Índia

 

 

Cortam-se  os chuchus em quartos, descaroçam-se,  limpam-se  de casca e lavam-se.

Ter em atenção aos que têm picos.

Se não quiser usar luvas, pode sempre, com a mão esquerda segurar o chuchu com um pano e com a direita a faca.

Pesa-se de seguida.

 

 

 

Reduzem-se os chuchus em Juliana com o utensílio próprio, (podem ver o utensílio no slideshow incluído neste post, ao fazer um clique com o rato no texto, na frase "compota de chuchu", escrito a encarnado), o mesmo que utilizamos para a cenoura.

Junta-se o chuchu com o açúcar num tacho e envolve-se tudo, até o açúcar ficar dissolvido.

 

 

 

Acrescenta-se a este preparado o pau de canela, a casca de limão e o cravinho.

Mistura-se tudo muito bem.

Reserva-se  durante alguns minutos, até obter líquido.

 

 

 

De seguida, leva-se ao lume brando e vai-se controlando sempre a cozedura, assim como mexendo com a colher.

Quando estiver no ponto certo, retira-se do lume e guarda-se a compota de chuchu em frascos próprios.

Para não ganhar bolores, pode polvilhar-se a parte de cima com um pouco de açúcar e fechar em frascos hermeticamente.

 

Atenção:  Para se saber o ponto certo, retira-se uma pequena porção para um prato e deixa-se arrefecer um pouco.

Com um garfo, tentamos "abrir estrada", e quando o conseguirmos e  estiver com consistência de compota, (sem ficar dura), já se encontra  confeccionada.

 

 

 

Ter em atenção, pois se passar  o ponto exacto, ficará dura e impossível de ser utilizada.

 

O sabor e aparência desta compota é muito idêntica à compota de gila (ou chila), acreditem....!

E muito mais fácil de se confeccionar, isto é, sem o problema de se obter uma compota com sabor a peixe, como por vezes acontece, ao confeccionar a de gila, se não se souber exactamente o que fazer para isso não acontecer.

 

Oportunamente farei a de gila e trá-la-ei aqui, prometo!

 

 

 

(Tina)

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


21 comentários

Imagem de perfil

De Tina a 29.11.2013 às 21:08


Boa noite, Florinda!
Antes de mais, quero agradecer sua visita e suas palavras:
Já preprarei com as duas espécies de chuchu... semana que passou fiz com o chuchu mais claro.  e acho que  ambos ficam parecidos, mas creio que deve experimentar.
Adoro este doce...e não sabia de todo, que era diurético... estamos sempre a aprender! Grata pela sua informação.
Bom apetite e bjs...apareça sempre!

Comentar post