Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





MASSADA DE TAMBORIL E GAMBAS

por Tina, em 26.02.09

MASSADA

 

 

 (confeccionado com cotovelinhos médios)

 

 

Uma ou duas embalagens de miolo de gambas (depende do número de pessoas)

Duas ou três embalagens de tamboril aos cubos (depende do número de pessoas) ou 1 tamboril fresco, limpo de peles e espinhas e cortado aos bocados

azeite q.b.

sal  q.b.

duas colheres de sopa de polpa de tomate

2 cebolas cortadas às rodelas

alhos q.b.

piripíri q.b.

coentros ao gosto

1 cálice de vinho maduro branco

massa cotovelinhos pequenos (depende do número de pessoas)

uma folha de louro  (se gostar)

umas rodelinhas de chouriço vermelho

água q.b.

 

 

Começa-se por cortar a cebola às rodelas, picar os alhos e juntar ao azeite (a quantidade deste, depende do recipiente, pois deve cobrir bem o fundo do tacho).

Junta-se o chouriço vermelho, para dar um certo gosto ao refogado.

Tempera-se com sal, piripíri, folha de louro e o tomate pelado.

Vai ao lume a refogar um pouco, em lume brando, e vai-se juntando aos poucos o vinho.

Acrescentam-se as gambas e deixa.-se refogar mais um pouco, também em lume brando.

Quando estiver bem refogado,  junta-se a água suficiente.

 

(confeccionado com cotovelinhos pequenos)

 

Agora acrescenta-se o peixe, refoga um pouco mais.

Rectifica-se o tempero e acrescentam-se os coentros e a massa de cotovelinhos.

Este prato deve ter bastante líquido, tal como se tratasse duma sopa.

Se pretender,  poderá incluir outro marisco ou outro peixe, de preferência, peixe que não se desfaça com a cozedura..

Quando a massa estiver "al ponto"/ "al dente", retira-se do lume e serve-se de imediato.

 

   

 

 

(Tina)


 





 


 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


PUDIM DE COPO

por Tina, em 17.02.09

 

PUDIM

 

 

 

                                                 

 

1 copo medida de leite

1 copo medida de açúcar

1 copo medida de gemas

umas pedrinhas de sal

1 colher de sopa de manteiga

1 colher de chá de farinha maisena

1 copo pequeno de vinho do Porto

raspa de 1 laranja

 

 

 

Misturam-se todos os ingredientes, sem bater.

Forra-se uma forma de pudim com caramelo.

Verte-se o preparado dentro e leva-se a cozer em banho-maria.

 

 

 

 

 

(Tina) 

    

 

 

 

 









 



 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


COELHO À MINHA MANEIRA

por Tina, em 12.02.09

 

COELHO

 

 
1 coelho
Meio litro de vinho maduro tinto
Azeite
2 cebolas
6 dentes de alhos
Sal ao gosto
1 malagueta de piripíri
Uma chávena de chá de tomate pelado
1 folha de louro
1 raminho de salsa
1 raminho coentros
Cenouras cortadas aos quadradinhos q.b.
Ervilhas q.b.
 
 
Começa-se por juntar todos os ingredientes, antes de levar ao lume, num tacho fundo.
Primeiro o azeite, que deve cobrir o fundo do tacho, com uma altura de cerca de 1 cm/ 1, 5 cm. A cebola, que pode ser cortada às rodelas ou quadrados, os alhos picados, o  piripíri, o sal, o vinho (que deverá ser de boa qualidade) o tomate pelado, o louro, os coentros e a salsa.
De seguida,  o coelho devidamente limpo e cortado aos pedacinhos.
 
 
 
Leva-se ao lume a cozinhar, em lume brando.
Passado uma meia hora, pode juntar-se a cenourinha e as ervilhas.
Rectifica-se de sal, se necessário.
 
Quando estiver tudo bem apurado e cozinhado,  pode retirar-se  do lume e servir-se acompanhado de batatinha cozida, arroz de forno ou tostinhas de pão.
   

 

 

 

 

(Tina)







BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


BAVAROIS DE ANANÁS

por Tina, em 12.02.09

 

BAVAROIS

 

 
 
 
 
 

 

500g de açúcar

2 chávenas de água

1 lata de ananás

7 folhas de gelatina

12 ovos

 

 

 

Leva-se ao lume o açúcar com a água, até obter um ponto de pérola,

Junta-se o sumo da lata do ananás e volta ao lume até voltar ao mesmo ponto de pérola.

Deixa-se arrefecer um pouco e juntam-se as gemas previamente batidas e coadas.

Leva-se de novo ao lume brando, mexendo continuamente até engrossar,

Ainda ao lume, acrescenta-se a gelatina que  esteve a amolecer em água fria, cerca de 10 minutos.

Retira-se do lume.

Batem-se as claras em castelo e misturam-se ao creme obtido anteriormente.

Verte-se para uma forma própria de ir ao congelador, a qual foi molhada em água fria.

Vai a gelar de um dia para o outro e ( ao congelador).

 Na altura de desenformar, mergulha-se, com cuidado, a base da forma em água quente, para a bavarois se despegar com mais facilidade.

Guarnece-se ao gosto, com chantilly e rodelas de ananás.

  

 

 

 





(Tina e Mariana)

 



 







 



 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


pão-de-ló

por Tina, em 09.02.09

 

 
 

PÃO-DE-LÓ  

 
 
 
24 gemas
12 claras
1 quartilho e meio de açúcar
1 quartilho de farinha sem fermento
Umas pedrinhas de sal
Papel de desenho
Forma redonda
 
Começo por dar as equivalências:
1 quartilho é o mesmo que meio litro ( ou seja uma quarta parte de uma canada)
 
 
Começa-se por ligar o forno a 200º.
Batem-se as gemas, as claras, o açúcar e pedrinhas de sal, com uma batedeira eléctrica, durante cerca de meia hora, até a massa crescer, tornar-se muito consistente e mais esbranquiçada.
 
 
 
 
 
 
De seguida, envolve-se a farinha, com uma colher e não com batedeira eléctrica.
(Atenção - deve roubar-se cerca de 2 colheres de sopa rasas à quantidade da farinha).
 
 
Tem-se uma forma redonda ( que se for de barro, será o ideal), forrada de papel de desenho. 
Verte-se para dentro a massa, com cuidado.
 
 
Leva-se ao forno e reduz-se o calor do forno para 120º.
 
O tempo de permanência dele no forno, depende do se querer mais ou menos húmido, se bem que este pão-de-ló é óptimo, se estiver húmido, de maneira a comer-se com colher.
 
 
 
   

 



(Tina)


 


 



 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)