Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Papo Cheio

Meus Aromas e Sabores

Papo Cheio

Meus Aromas e Sabores

Sex | 26.02.10

bolo de coco ralado

Tina

 

 

 

 

 4 ovos

igual peso em açúcar

igual peso em manteiga

igual peso em farinha

4 colheres de sopa de coco ralado

4 colheres de sopa de leite

1 colher de sopa de fermento em pó

 

 

 

Bate-se o açúcar com a manteiga, muito bem.

De seguida, juntam-se as gemas batidas e mexe-se tudo muito bem. A seguir, o leite, a farinha com o fermento, o coco ralado e por fim envolvem-se as claras em castelo.

Leva-se ao forno em forma untada de manteiga e polvilhada de farinha (levemente).

Quando cozido, deixa-se arrefecer e coloca-se num prato.

Pode cobrir com uma calda de leite, com açúcar e coco ralado (tudo ao gosto, em quantidades) e depois de aquecido um pouco ao lume.

Esta calda, pode ser regada em cima do bolo, espetando ao mesmo tempo um palito para se impregnar melhor.

Por fim, polvilha-se com coco ralado.

Se não pretender a calda, sugiro que seja polvilhado apenas com o coco ralado.

Fica menos enjoativo.

 

 

(Tina)

 

 

 

BLUMEN
Qui | 25.02.10

Bolo de mármore

Tina

 

 

 

1 chávena de manteiga

1 chávena de leite

3 chávenas de açúcar

4 chávenas de farinha

1 colher de sopa rasa de fermento

4 ovos

2 colheres de sopa cheias de chocolate em pó ou cacau

 

Bate-se a manteiga com o açúcar.

De seguida, misturam-se as gemas e continua-se sempre a bater, até obter uma massa consistente.

Agora, é a vez de juntar a farinha com o fermento, o leite e voltar a bater,

Por fim, acrescentam-se, envolvendo na massa, sem bater, as claras em castelo firme.

Separa-se um pouco desta massa para outro recipiente, à parte.

Junta-se a esta massa o chocolate em pó ou o cacau. Mistura-se bem.

Tem-se uma forma bem untada de manteiga e alternadamente vai-se vertendo para dentro, quantidades da massa clara e da massa achocolatada.

Leva-se ao forno a cozer.

Verifica-se da cozedura com o teste do palito. (Se ao enfiar o palito na massa, este vier seco o bolo encontra-se cozido, caso contrário, deverá manter-se mais algum tempo no forno).

 

(Tina)

 

 

 

 

BLUMEN
Qua | 24.02.10

bolo de noz

Tina

 

 

 

BOLO DE NOZES 

 

 

 

 

 

 Massa do bolo

 

8 ovos

170 g de nozes (miolo ralado)

9 colheres de sopa de pão ralado

300 g de açúcar

 

 

 

 

 

Batem-se, muito bem, os ovos com as gemas, até se obter uma gemada consistente.

De seguida, e alternadamente, vão-se acrescentando colheres de pão ralado e de claras em castelo, continuando sempre a bater.

Por fim, juntam-se as nozes moídas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Vai ao forno em tabuleiro untado de manteiga e polvilhado de pão ralado.

Quando cozido, em forno moderado, deixa-se arrefecer e corta-se a meio.

Coloca-se num prato um parte, recheia-se com o creme abaixo e cobre-se com a outra parte.

No final, cobre-se todo o bolo com o mesmo creme do recheio, polvilha-se com noz moída e enfeita-se com alguns pedaços de noz inteira.

Também pode rechear-se e cobrir-se todo o bolo com ovos moles, no entanto,  fica mais enjoativo.

 

 

Creme para o recheio e cobertura

 

0,5 litro de leite

3 gemas

1 colher de sobremesa de manteiga

1 pitada de sal

açúcar a gosto

1 pau de canela

1 gota de essência de baunilha

1 casca de limão

2 colheres de sopa de farinha maisena

 

 

 

Leva-se ao lume todos os ingredientes, num tacho até engrossar, sempre mexendo, sem parar, com colher.

De seguida, retira-se o pau de canela e a casca de limão,  recheia-se e cobre-se todo  o bolo com este creme.

Polvilha-se com noz moída e enfeita-se com nozes inteiras, ou como entender melhor.

 

 

 

(Tina)

 

 

BLUMEN
Seg | 15.02.10

Bolo Duquesa......Maria Helena .....

Tina

 

 

...receita da mãe de minha cunhada Luísa....

Bem Bom!

Uma pequena delícia...!

De batata..Imaginem só!

Acho que tem algo de  "Conventual"!

Será?...

 

Nota: Pedi autorização para a publicar!

 

 

 

150 g de amêndoa ralada (sem cascas)

150 g de batata cozida (pesada no fim de passada e cozida com a pele)

350 g de açúcar

50 g de manteiga

6 gemas e 3 claras

raspa de laranja ou limão (q. b.)

 

 

Mistura-se o açúcar, a amêndoa e a batata.

De seguida, acrescenta-se a manteiga derretida e envolve-se tudo muito bem, na massa.

Agora é a vez das gemas, que se misturam uma a uma, muito bem misturadas.

Depois, a raspa de laranja  ou de limão.

Por fim, envolvem-se as claras em castelo bem firme, sem bater.

Vai ao forno em forma untada de manteiga e polvilhada de farinha.

Depois de cozido, desenforma-se (após arrefecer um pouco) e polvilha-se com açúcar glacê e enfeita-se com bocadinhos de amêndoa (palitinhos de amêndoa, por exemplo).

No caso de pretender, poderá cobrir o bolo com ovos moles e enfeitar de amêndoa  ralada.

 

 

 

 

 

BLUMEN
Sab | 13.02.10

Bolo de cenoura......

Tina

 

 

......receita da minha amiga IVETE

 

 

 Com permissão da minha amiga Ivete, venho aqui trazer a receita que ela, tão gentilmente me facultou no seu blogue.

O aspecto era tão apelativo ao olhar, ao nosso estômago, e convidativo a "comer"...que não resisti em confeccionar.

E não resisti em partilhar aqui esta receita que chegou, fresquinha, do Brasil......!

Sugiro que experimentem....Vão ver que não minto!

Obrigada, minha querida amiga, pela tua sugestão, pela tua permissão em poder trazê-la aqui.

Não queria plagiar....por isso solicitei tua autorização.... :-)

Parabéns pela  magnífica receita....!

Um obrigada grande pela tua simpatia e amizade, minha amiga!

 

 

 

4 ovos

2 chávenas de açúcar

2 chávenas de farinha

1 colher de sobremesa de fermento

2 chávenas de cenoura ralada

1 chávena de óleo

 

Batem-se muito bem os ovos inteiros, de seguida, junta-se a cenoura ralada e volta-se a bater bem.

Agora, é a vez de acrescentar, com cuidado, o óleo. Bate-se e vai-se juntando, aos poucos, o açúcar. Volta-se a bater.

Por fim, a farinha misturada com o fermento. Envolve-se tudo muito bem.

 

 

Leva-se ao forno, médio, em forma rectangular devidamente untada de manteiga e polvilhada de farinha.

 

Para ver se está cozido, usa-se o palito que se espeta dentro do bolo. No caso de este sair completamente seco, o bolo já se encontro cozido.

 

Desenforma-se depois de arrefecer um pouco e, entretanto, vai-se preparando a cobertura de chocolate.

 

Cobertura de chocolate

 

3 colheres de açúcar

4 colheres de leite

4 colheres de chocolate em pó

4 colheres de manteiga

 

Leva-se ao lume, num tacho, esta mistura até engrossar. Retira-se do lume e, ao arrefecer, engrossa um pouco mais.

Cobre-se todo o bolo com este preparado.

 

Excelente este bolo de cenoura com cobertura de chocolate!!!!!!

 

 

(Tina) - IVETE

 

 

 

 

BLUMEN
Sex | 12.02.10

tortilha.....

Tina

 

 

.......de bacalhau

 

receita para 3 a 4 pessoas

 

 

4 batatas médias

6 ovos inteiros

2 postas de bacalhau demolhado

sal q. b.

salsa picada q. b.

1 cebola picada

se tiver sobras de arroz (cozinhado) dalguma refeição - acrescentar cerca de 4 colheres

 

 

 

 

 

 

 

Num recipiente, juntam-se os ovos inteiros, com o sal, a cebola e salsa picadas.

Bate-se bem até obter uma boa gemada homogénea.

De seguida, acrescenta-se o bacalhau e batata cortados em cubos pequenos.

Se tiver sobras de arroz cozinhado, pode também acrescentar, bem como sobras de bacalhau cozinhado ( cortado em cubinhos pequenos).

Juntar uma colher de azeite.

Mistura-se tudo muito bem e rectificam-se os temperos. Se gostar pode juntar um pouco de pimenta.

 

Verter este preparado numa forma antiaderente, depois de a untar com azeite.

Levar ao forno até cozinhar bem todos os ingredientes.

 

 

 

Servir quente ou frio acompanhado duma salada.

 

(Tina)

 

 

 

 

 

BLUMEN
Seg | 08.02.10

compota de tomate

Tina

 

 

 

1 kg de tomate muito maduro

1 kg de açúcar (rouba-se um pouco)

1 fava de baunilha

1 casca de limão

1 cravinho da Índia

1 pau de baunilha

 

 

 

 

Lavam-se os tomates e colocam-se,  num recipiente com água a ferver durante cerca de 3 a 4 minutos.

Retira-se de imediato a casca , cortam-se aos quartos e retiram-se, se quiser as pevides.

 

 

Colocam-se os tomates num tacho, juntamente com o açúcar e todos os outros ingredientes.

Envolve-se tudo muito bem, com a ajuda de colher.

Leva-se ao lume moderado, vai-se mexendo e controlando a cozedura até obter o ponto desejado de compota.

Verte-se o conteúdo em frascos, polvilha-se de açúcar e tapa-se hermeticamente.

Antes, retira-se a canela, a baunilha e a casca de limão.

 

Serve-se com tostinhas,  bolachas ou acompanhado de queijo.

 

(Tina)

 

 

BLUMEN
Sex | 05.02.10

caldeirada de peixe espada preto.....

Tina

 

....com raia e gambas, à minha maneira...

 

 

 prato para cerca de  8 a 10 pessoas, dependendo do que comem...

 

8 gambas inteiras com casca

1 kg de peixe espada preto

1 kg de raia

miolo de gambas q.b.

1 molho de coentros

2 colheres de sopa de tomate pelado

sal q. b.

2 cebolas

6 dentes de alho

1 copo de cerveja

azeite  q. b.

1 folha de louro

açafrão em pó q. b.

malagueta de piripíri q. b.

8 batatas

 

 

 

 

 

 

 

Este prato é preparado tudo em cru, em camadas alternadas, antes de ir ao lume a confeccionar.

Assim, começa-se por cobrir o fundo dum tacho com bastante azeite.

Cortam-se para dentro do tacho às camadas, alternada e aleatoriamente, cebola às rodelas, os alhos laminados, a batata, e vai-se salpicando de sal, de coentros cortados aos bocados, de cerveja e misturando às camadas o peixe limpo de escamas e cortado aos bocados do tamanho que se pretender.

Acrescenta-se também a folha de louro, o piripíri, o açafrão, o miolo de camarão ou gamba e as gambas inteiras, limpas.

Rectificam-se os temperos.

 

Mistura-se tudo, com colher, com cuidado.

Leva-se ao lume brando e, de quando em quando, abana-se o tacho, não se aconselhando a mexer com colher.

Quando a batata estiver cozida, está pronto a servir.
Enfeita-se com um raminho de coentros.

 

(Poder-se-á confeccionar este prato com outro peixe).

 

 

(Peço desculpa, mas creio que, segundo o novo acordo ortográfico, a palavra "peixe espada preto", já não se deve escrever com hífen, mas eu, por uns tempos, ainda vou continuar a fazê-lo, pois ainda me sinto um pouco antiquada a este respeito).

 

 

(Tina)

 

 

 

 

BLUMEN
Ter | 02.02.10

arroz de fêveras.......

Tina

 

....com feijão vermelho

  

1 kg de fêveras de porco

1 chouriço vermelho de colorau

1/2 salpicão pequeno

azeite q. b.

1 cebola

2 dentes de alho

2 chávenas almoçadeiras de arroz carolino

5 chávenas almoçadeiras de água

1 frasco de feijão cozido vermelho

sal q. b.

piripíri q. b.

1 folha de louro

1 raminho de salsa

1 copo de vinho branco

 

 

 

 

 

 

Cobre-se o fundo dum tacho com azeite.

Picam-se para dentro a cebola e alhos. Junta-se o salpicão, o chouriço cortado aos quadrados, o sal e leva-se a refogar  ao lume (moderado).

De seguida, junta-se a folha de louro, o piripíri e as fêveras cortadas aos cubos.

Mistura-se tudo com uma colher e tapa-se. Deixa-se refogar um pouco e vai-se juntando, aos poucos, o vinho. Volta-se a mexer com a colher e deixa-se, de novo, refogar tapado.

Se pretender, pode acrescentar uma colher de polpa de tomate (este que apresento não foi confeccionado com tomate).

Acrescenta-se a água aos poucos, logo que a carne estiver bem cozinhada. De seguida, junta-se o feijão, a salsa e o arroz. Mexe-se e rectifica-se de sal.

Continua a cozinhar em lume brando. Não deve deixar-se torrar no fundo.

Este arroz deve ser servido, como "arroz malandro", isto é, com algum líquido, por isso, não deve ficar muito tempo ao lume depois de cozido, para não secar.

Esta receita é para cerca de 6 a 8 pessoas, dependendo daquilo que cada um come.

 

(Tina)

 

 

 

BLUMEN
Ter | 02.02.10

cozido à portuguesa..........

Tina

 

 

...............à minha maneira

 

 

a quantidade que se quiser, dependendo das pessoas e daquilo que elas comem:

 

chispe de porco

tornozelo de porco

carne de nispo (vitela)

costelinhas de porco e de vitela

orelheira

entremeada de porco

se gostar coxas de frango

outra carne que pretender cozer de porco ou vitela

salpicão

chouriça de sangue e de carne

chourição

presunto

outros enchidos ao gosto

cenoura

nabo

batata

couve repolho

feijão se gostar

 

 

Levar ao lume brando, todos os ingredientes, numa panela de pressão, com água suficiente, temperada de sal.

Deixar cozer o tempo suficiente até achar que tudo esteja bem cozido.

Retirar da panela, escorrendo de água, na altura de servir, para não arrefecer, acompanhado dum arroz de forno, branco e seco.

 

Atenção, ter cuidado no manuseamento da panela de pressão. Retirar a tampa somente quando todo o vapor tiver saído da panela, conforme as instruções de cada tipo de panela.

 

(Tina)

 

 

 

 

BLUMEN

Pág. 1/2