Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Páscoa Feliz

por Tina, em 31.03.10

 

                                                                                                               

 

 

 

 

 

 

 

"E não só de pão vive o homem...."Lá diz o ditado popular!

Que esta Páscoa seja por todos vivida com muto Amor, com muita Fraternidade, muitos Sorrisos, muita Alegria, muita Fé, muita Esperança e acima de tudo, com a presença de JESUS em suas vidas.....!

 

Desejo a todos os meus amigos e a todos quantos me visitam uma "Páscoa Feliz"!

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


preparação de pão ralado.....

por Tina, em 10.03.10

 

 

.....como aproveitamento de pão atrasado e em caso de uma emergência...ou seja, quando tencionamos fazer algo onde entre este ingrediente e não o temos na despensa, como foi, hoje, e é, muitas vezes, o meu caso....

 

Pão atrasado torrado q. b.

1 peneira de rede fininha

1 taça larga onde se pode peneirar

1 frasco com fecho hermético

1 triturador eléctrico, de preferência, ou um "123"

 

Torramos no forno pão atrasado cortado às fatias.

Deixamos arrefecer um pouco

Colocamos, aos poucos, dentro do triturador a moer o pão de forma a ficar completamente ralado.

 

De seguida, peneiramos com  a peneira de rede fina para dentro dum recipiente largo, a fim de não se espalhar para fora do mesmo.

 

Entretanto, com um a colher, vamos introduzindo o pão ralado que se encontra no recipiente para um frasco que feche hermeticamente.

 

O granulado maior que sobra e que encontra na peneira, vamos de novo triturá-lo até ficar mais fino.

 

E pronto, já podemos aproveitar, desta forma o pão atrasado, não o deitando ao lixo, como vejo  muitas vezes fazerem, o que é lamentável!

Claro que aqui em casa, todos os dias eu faço tostas com pão atrasado, ora para comer às refeições, para um lanche, para acompanhamento de pratos especiais e para estas eventualidades.....

 

E, lá diz o ditado que minha mãe me ensinou: " No aproveitar é que está o ganho!"

De facto, vivemos numa sociedade de consumo, mas da forma como a vida se encontra actualmente, a dona de casa tem que aproveitar tudo o que sobeja, não esbanjar e transformar as sobras em pratos agradáveis....

Peço desculpa por este aparte meu...mas, fui educada desta forma!

 

(Tina)

 

 

Música: Melanie C - Understand

http://www.youtube.com/watch?v=SUDjzjQnhkA

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


arroz de espigos.....

por Tina, em 09.03.10

 

...grelos ou hortos de couves (depende da zona do país),

com feijão

receita para cerca de 3 a 4 pessoas 

 

1 molhinho de espigos ou grelos das couves

1 chávena de arroz carolino

1/2 chávena de feijão branco cozido

3 chávenas de água quente

sal a gosto

2 rodelas de chouriço vermelho

1 folha de louro

1 cebola picada

2 dentes de alho picados

3 colheres de sopa de vinho branco

 

 

 

Leva-se ao lume brando um tacho que se cobriu o fundo com azeite e onde se juntou a cebola picada, a folha de louro, o chouriço cortado, um pouco de sal e o alho picado.

Deixa-se cozinhar tapado, durante alguns minutos.

De seguida, junta-se a água quente, os espigos que foram bem lavados e permaneceram durante alguns minutos numa taça com água e um pouco de vinagre (para matar qualquer insecto).

Junta-se o feijão cozido depois de se ter acrescentado o arroz e este estar quase cozido.

Rectifica-se de sal e deixa-se apurar um pouco.

Serve-se como acompanhamento de carne ou peixe.

 

(Tina)

 

 

 

 

 Música : James Blunt - You're beautiful

http://www.youtube.com/watch?v=6NiXSLRalO8

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)

receita para cerca de 6  a 8 pessoas - conforme o que comerem

 

 

uma embalagem com cerca de 12 línguas de bacalhau

 

1 chávena de massa cotovelinhos

 

1 chávena de feijão branco cozido

 

sal q . b.

água  q. b.

coentros  q. b.

3 rodelas de chouriço vermelho

1 folha de louro

1/2 copo de vinho branco

2 ou 3  colheres de polpa de tomate

1 cebola

2 dentes de alho

azeite q. b.

1 malagueta de piripíri

 

 

 

 

 

 

Cobre-se o fundo dum tacho com azeite e junta-se a cebola e alhos picados.

Leva-se ao lume, com o salpicão a refogar um pouco até a cebola amolecer um pouco, sem deixar queimar.

Acrescentam-se as caras de bacalhau que estiveram a demolhar durante os dias suficientes até ficarem sem sal (conforme o gosto de cada um).

Tapa-se e deixa-se cozinhar em lume brando.

De seguida, quando estiver um pouco cozinhado, vai-se acrescentando a polpa de tomate, o vinho, o piripíri e  folha de louro. Mexe-se.

Tapa-se de novo e deixa-se cozinhar mais um pouco.

Por fim, acrescenta-se a água suficiente necessária, cerca de 4 chávenas (água quente).

Quando ferver, junta-se a massa e cozinha mais um pouco.

Quando a massa estiver quase cozida, junta-se o feijão e deixa-se apurar um pouco mais.

Se for necessário acrescentar um pouco mais de água, poderá fazer-se.

Por  fim, se necessário, tempera-se com um pouco de sal e coentros.

Serve-se de imediato.

 

 

(Tina)

 

 

Música: Melanie C - Never Be The Same Again

http://www.youtube.com/watch?v=qBm2J-gKeUE&feature=PlayList&p=DE0F1F4F32BA523F&playnext=1&playnext_from=PL&index=8

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


angulas ou gulas.....

por Tina, em 03.03.10

 

...com camarões ou com gambas

 

 receita para cerca de 2 pessoas

 

 

1 embalagem de angulas ou gulas  com cerca de 100 g

3 dentes de alho laminados

3 colheres de sopa de azeite

1 malagueta de piripíri

sal  -  muito pouco (se necessário)

miolo de camarão ou de gamba q. b.

 

 

Leva-se ao lume, o tacho com o azeite e os alhos laminados.

Deixa-se aquecer um pouco, sem deixar queimar.

Acrescentam-se os camarões, a malagueta de piripíri e deixa-se cozinhar um pouco.

De seguida, juntam-se as angulas e sempre mexendo, deixa-se cozinhar bem.

Se necessitar de sal, acrescenta-se só um pouco, para não ficar muito salgado.

Serve-se de imediato.

 

(Tina)

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pizzas....

por Tina, em 03.03.10

 

...Bolonhesa e outras, como quisermos preparar...com ingredientes a nosso gosto...

 

 

 

 

 

 Massa pizza

3 chávenas de farinha

1 colher sopa de azeite morno

1 colher de  manteiga

30 g de fermento padeiro

1 clara e 2 gemas de ovos

1 chávena de água morna

sal q. b.

 

 

 

 

 

Desfaz-se o fermento na água quente e de seguida, com a mão, juntam-se todos os ingredientes, até obter uma massa elástica, homogénea e fácil de moldar.

Coloca-se a massa, em feitio de bola num recipiente, em local protegido de correntes de ar e cobre-se com um pano.

Deixa-se levedar até a massa duplicar de volume.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enquanto ela leveda, preparam-se os ingredientes que se pretendem para confeccionar a pizza.

Se quiser, pode confeccionar-se com queijo aos cubos, assim  como o fiambre em quadradinhos ou em folhas pequenas, o presunto em tiras também pequenas, os ovos cozidos (se for o caso), em fatias, as azeitonas, sem caroço, preferencialmente, os cogumelos laminados, e por aí fora....

Se pretender, uma pizza à bolonhesa deverá preparar-se a carne, primeiro.

 

 

 

Carne picada para a bolonhesa

Começa-se por levar ao lume um tacho com o fundo coberto de azeite, onde  se acrescenta cebola e alhos picados (ao gosto), polpa de tomate ( a quantidade que quiser), sal a gosto, e deixa-se aquecer um pouco.

Pode-se também juntar um pouco de piripíri e de salsa picada, assim como uma colher de vinho branco.

De seguida, junta-se a carne picada (pode ser metade de porco e outra metade de vaca, com um chouriço vermelho de colorau, também picado juntamente).

Deixa-se refogar até apurar as carnes e tempera-se ao gosto de cada um.

 

 

 

 

 

Á parte prepara-se o molho de tomate:

 

Cobre-se o fundo dum tacho com bastante azeite, duas cebolas picadas, 4 dentes de alho picados, 5 colheres de sopa de polpa de tomate ou 3 tomates médios maduros, sem pele. Tempera-se com um pouco de sal. Leva-se ao lume por alguns minutos sem queimar, em lume médio.

De seguida, retira-se do lume e passa-se a varinha mágica até se obter um creme de tomate grosso.

Rectificam-se os temperos a gosto.

Leva-se de novo um pouco ao lume e reserva-se.

 

Quando a massa estar lêveda, vai-se tirando pequenas porções com as mãos sempre enfarinhadas, assim como a mesa onde se vai trabalhar a massa.

Com o rolo da massa, estende-se a massa até se obter a espessura pretendida.

Forra-se uma forma quadrada ou redonda com a massa, polvilha-se de queijo ralado (de preferência parmesão), pincela-se com o molho de tomate (se se gostar pode juntar um pouco de ketchup), de seguida, recheia-se com carnes de enchidos, laminadas,  peixe, marisco, legumes, cogumelos, azeitonas, ananás, milho, enfim, a mistura que se pretender.

Cobre-se com queijo ralado novamente e polvilha-se de óregons.

Leva-se ao forno até estar lourinha, com os ingredientes cozinhados, bem como a massa.

 

(Tina)

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)