Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





bolo de chocolate

por Tina, em 11.02.11

 

 

 

Outro dia daqueles onde a nostalgia se instalou cá dentro de meu peito... que tive uma necessidade de algo doce para adocicar  meus sentidos e não só...

Corri até á cozinha e no armário vi chocolate...não há melhor estimulante para nos sentirmos bem, que um pouco de chocolate...

E toca de preparar um bolo de chocolate... diferente, com sabor a mousse de chocolate, quiçá!

  

  

 

6 ovos

130 g de farinha com fermento

(se for sem fermento, deve-se acrescentar 3 colheres de café de de fermento à farinha)

35 g de chocolate em pó

230g de açúcar

1 pitada de sal (pouco)

1 colher de chá de azeite

1 colher de sopa de vinho do Porto

açúcar para polvilhar

  

  

 

Faz-se uma boa gemada com as gemas e o açúcar.

De seguida, acrescenta-se a farinha (com o fermento, no caso de ser farinha sem), o chocolate em pó, alternadamente com as claras em castelo, onde já foi acrescentada a pitada de sal.

Junta-se, agora, o vinho de Porto e a colher de azeite e  leva-se a bater tudo muito bem, na batedeira elétrica.

 

 

Verte-se o preparado para uma forma untada de manteiga e polvilhada de farinha com chocolate em pó!

Leva-se ao forno, pré aquecido a cerca de 160º.

Quando cozido, desenforma-se e coloca-se num prato próprio de servir à mesa.

Polvilhar de açúcar.

O habitual, para ficar completamente cozido é deixar cerca de 1 hora no forno.

Eu como gosto dele, um pouco húmido, no meio, com uma espécie de mousse de chocolate, deixo menos tempo a cozer.

Uma questão de gosto! 

  

 

Óptimo para um lanche, para sobremesa, para o pequeno almoço...

Mas, com moderação, para quem tem problemas de saúde, claro, embora, não seja um bolo com excesso de ingredientes!

 

Desfrutem...com apetite e gosto!

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


bolo de laranja com coco ralado

por Tina, em 04.02.11

 

 

 

Hoje, depois das limpezas da casa, tive uma necessidade grande de comer "algo" doce... (já parece a publicidade...passo a palavra.... da TV...aquela do Ambrósio!).... estava na casa da ria e ainda pensei fazer um bolo de abóbora, mas só tinha no jardim laranjas na laranjeira...

As abóboras estavam partidas aos gomos e congeladas para sopa... tive receio que, descongeladas, o bolo não ficasse com a mesma consistência.

Há que ir à árvore e apanhar duas laranjas grandes e pesadas, com um bom aspecto, pois teria que aproveitar a casca e o sumo.

Não queria um bolo grande… por isso, pensei em utilizar poucos ovos… também, havia no frigorífico pouco mais que seis.

Na despensa, vi coco ralado que aprecio imenso e uma garrafa de vinho do Porto…

Pensei…será que esta mistura vai ser agradável?

Há que tentar…!

Partilho convosco a receita, um pouco de minha imaginação!

Provei!

Está fofo..! Óptimo, com um travo a vinho do Porto, laranja e coco… Uma combinação perfeita e exótica!

Hummmm… acompanhado dum chazinho de erva cidreira, como eu gosto…vai saber bem!

E soube!...

HUMMMMMMMMMMM…!

  

 

 

6 ovos

250 g de açúcar

130 g de farinha sem fermento

2 colheres rasas de café de fermento

2 laranjas - raspa e sumo

meio cálice de vinho do Porto

1 colher de sopa de coco ralado

coco para polvilhar q. b.

 

 

 

 

 

Numa taça juntamos as gemas e o açúcar.

Batemos com a batedeira eléctrica até obtermos uma boa gemada.

De seguida, juntamos as claras em castelo firme, onde já incorporámos a raspa de laranja.

Voltamos a bater na máquina toda esta mistura.

Por fim, acrescentamos a farinha com o fermento, o vinho do Porto, o coco ralado e o sumo da laranja.

Voltamos a bater tudo de novo, muito bem, com a batedeira eléctrica.

Vertemos o preparado obtido, numa forma redonda, que já se encontra untada de manteiga e polvilhada de farinha.

Levamos ao forno, pré aquecido a 200º e, quando  no forno, diminuímos para 180º.

Quando pronto, deixamos arrefecer um pouco e desenformamos para um prato.

Polvilhamos de coco ralado.

 

 

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


gamba e cogumelos com esparguete

por Tina, em 03.02.11

 

Já é habitual eu trazer aqui pratos idênticos a este.. ou seja, confeccionados com gamba e massa.

Aprecio muito massas combinadas com carne, peixe ou marisco...

Mas, hoje, olhei o armário da despensa e vi os cogumelos a "rirem-se"para mim...

Pois, imaginei um prato de massa esparguete com gamba e cogumelos num bailado exótico, cheio de cor, de aromas apelativos...

Imaginei meus sentidos a serem transportados a outras paragens...

Quiçá num navio, em alto mar ou numa ilha paradisíaca, degustando este manjar, numa agradável companhia...

 

 

1 pacote e meio (cerca de 750 g) de miolo de gamba congelada

1 lata de cogumelos laminados

alhos laminados q. b.

azeite q. b.

sal a gosto

5 rodelas de chouriço vermelho cortado aos cubos pequenos

massa esparguete o suficiente para 4 ou 5 pessoas

1 malagueta de piripíri

1 molho pequeno de coentros picados

6 gambas inteiras cozidas

 

 

 

 

 

 

 

Cobre-se o fundo dum tacho com um bom bocado de azeite.

Juntam-se os alhos laminados, o piripíri, os coentros picados, as gambas descongeladas e escorridas de água, o sal (pouco), o chouriço cortado aos cubos pequenos e envolve-se tudo em frio.

Leva-se ao lume, brando, a cozinhar em tacho tapado e, de quando em quando, vai-se mexendo com colher.

Quando bem cozinhado, rectificam-se os temperos de sal, se necessário.

À parte, já temos a esparguete cozida "al-dente",  em água e pouco sal (água a ferver), umas gotas de azeite e completamente escorrida.

Junta-se a massa ao preparado de gambas, envolve-se tudo muito bem  e, se necessário, acrescenta-se um pouco mais de azeite.

Leva-se ao lume a fritar tudo...

Serve-se quente, enfeitado com algumas gambas inteiras cozidas.

 

 

Bom apetite e bom bailado!

  

  

  

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)