Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Papo Cheio

Meus Aromas e Sabores

Papo Cheio

Meus Aromas e Sabores

Ter | 14.09.10

massa com vegetais ao alhinho

Tina

 

 

Há momentos na minha vida que me repugna comer carne...

Então, durante dias, procuro alimentar-me com vegetais, com fruta, com legumes... com sopas, enfim, fugindo aos pratos tradicionais, de peixe e principalmente de carne!

Não tenho explicação para este minha atitude, muito embora, habitualmente,  ao preparar carne, me sirva apenas de pouquíssima quantidade, enchendo o prato de saladas ou hortaliças, arroz, batata ou massa.

 

Ontem, aconteceu que estava enjoada de carne e não conseguia sequer olhá-la na travessa.

Lembrei-me de preparar uma refeição com vegetais e massa.

 

Servi-me dos ingredientes que tinha em casa... Procurei na despensa, frigorífico...

 

E eis o que preparei!

Ao olhar parece um "manjar apetitoso" e ao provar...

Huuuuummmm.... !

Comprovei que, de facto,  é saboroso e agradável...

 

Partilho esta receita, então!

 

 

Algumas folhas de espinafres - a quantidade que se pretender (incluí umas 24 folhinhas)

1 quarto de couve repolho cortada em Juliana

6 dentes de alho laminados (não acrescentei cebola, pois gosto do paladar do alho com legumes)

Tomate maduro (a quantidade a gosto) cortado aos cubinhos pequenos ( eu incluí 8 tomatinhos anões)

Meio alho francês cortado em círculos com espessura pequena

Sal a gosto

Pimenta a gosto ( ou piripíri, se pretender)

Noz moscada se gostar (eu não tinha)

azeite q.b.

6 azeitonas laminadas ( se tivesse cogumelos acho que os incluiria também)

6 nozes cortadas pequenas

Massa (qualquer tipo de massa) -  e a quantidade que pretender, dependendo do número de pessoas

Pão ralado q. b.

Queijo mozarela ralado q.b.

1 cálice de leite (porque não tinha natas) 

 

Comecei por cobrir o fundo duma frigideira com azeite e  juntei os alhos laminados.

Envolvi, com delicadeza, com colher, todos os ingredientes, excepto o leite que reservei para o final.

Levei ao lume brando a cozinhar durante pouco tempo.

 

De seguida, deixei cozinhar, tapado, em lume brando e, de quando em quando, mexi com colher de pau.

Juntei o leite e deixei ferver até que este se misturasse nos ingredientes.

Rectifiquei os temperos, de sal, pimenta (ou piripíri) e noz moscada.

Deixei ao lume a cozinhar, um pouco mais, sempre em lume brando.

Retirei do lume e reservei.

 

 

Ao lado, preparei um molho bechamel com

 

1/2 litro de leite

umas pedrinhas de sal

 3 colheres de sobremesa de farinha maisena

1 colher de sopa de manteiga

 

Levei ao lume esta mistura, sempre mexendo até engrossar e reservei.

 

Ao lado, noutro tacho cozi al-dente a massa, com água a ferver, umas pedrinhas de sal e um fio de azeite.

 

Enchi o fundo dum tabuleiro (próprio para ir ao forno e ao mesmo tempo de servir mesa) com a massa cozida.

De seguida, juntei os ingredientes que preparei com o azeite e espalhei pela massa.

Depois cobri com o molho bechamel.

Polvilhei com pão ralado e com queijo ralado.

Levei ao forno a gratinar.

E... pronto, estava na hora de se provar....!

Óptimo!...

Gostei e vou repetir...!

Talvez, acrescentando outros ingredientes, quiçá!

 

E saboreei ao som desta linda música de Zucchero "Wonderful Life"...

 

 

 

 

 

 

 

(Tina)

BLUMEN

6 comentários

Comentar post