Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

1 kg de abóbora menina

2 cenouras médias cortadas em Juliana

1 kg de açúcar

6 nozes laminadas

12 amêndoas sem pele laminadas

2 paus de canela

1 fava de baunilha

1 casca de limão

2 cravinhos

 

 

 

 

Leva-se a lume brando num tacho, tudo bem envolvido e misturado, a abóbora, a cenoura, o açúcar, a casca de limão, o fava de baunilha, os paus de canela e os cravinhos.

Deixa-se cozinhar durante algum tempo, mexendo com colher, de quando em quando.

Logo que esteja quase em ponto de compota, acrescentam-se as nozes e as amêndoas laminadas e deixa-se cozinhar mais um pouco.

Deverá ter um pouco de calda à mistura, por isso não se deverá deixar secar por completo.

 

Depois de frio, pode retirar-se a casca de limão e os paus de canela e a fava de baunilha. Habitualmente só deixo o cravinho, no entanto, se pretenderem poderão deixar incorporado a canela.

 

Enchem-se frascos apropriados, cuja tampa feche hermeticamente.

 

 

Óptima compota, sugerida por uma amiga que provou em casa de alguém, cuja receita não quiseram divulgar.

Segundo ela me indicou, eram estes os ingredientes que conseguiu saborear, creio!

Espero, minha amiga, Verdesperança que, depois de a experimentares, possas dizer algo...

Gostaria, pois, de saber se é parecida com a outra!

Para se verificar o ponto de compota, deve-se retirar um pouco da mesma, colocar num prato e com a ajuda duma faca, tentar abrir "estrada" . Se abrir, estará pronta! 

 

 

 

 

Mesmo não sendo a que provaste, acredito que vais gostar muito desta, pois é muito boa!

 

 Embora esteja adoentada, postei esta receita que já tinha iniciado há dias, bem como outra que ainda vou publicar daqui a dias.

 

(Tina)

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De Tina a 02.10.2010 às 00:24


Olá, Minha amiguinha!
Decerto deixaste tempo demais ao lume e passou o ponto. Isso só se consegue aprender com alguma experiência. Mas, se já fizeste alguma compota saberás quando ele atinge esse ponto. Quando notares que o líquido já se encontra espesso, sem estar sólido, quando ao colocares num prato, ele ficar com a consistência devida, duma geleia ou compota, já está pronto.  Ao certo, sinceramente, não sei o tempo que levou a tomar essa consistência, mas quando voltar a fazer vou tomar atenção a esse pormenor tão importante.
Entretanto, a que fiz também deveria ter ficado mesnos tempo  ao lume para ficar mais líquida, de acordo com a descrição que fizeste, acho!
Obrigada pelo eu comentário e bom fim-de-semana.
Um beijinho grnade para ti, Verdesperança!Image
Sem imagem de perfil

De verdesperanca a 02.10.2010 às 23:44

Pois, acho que deixei passar o ponto...
Bom fim-de-semana, beijinhos doces.

Comentar post