Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





queques de queijo chèvre

por Tina, em 03.10.10

 

Hoje  a noite foi longa...

Com temporal...  com vento forte, com muita chuva, com as árvores a chorar e a tremer de frio... !

Uma noite de Inverno, mas sem aquele frio de "rachar", ainda com alguma réstia de calor, dentro de casa...

Não se conseguia dormir com tamanho barulho ensurdecedor... e eu que gosto tanto de silêncio e de escuro para dormir, só dormitei, um pouco, pela manhã...

Por isso, contrariamente ao habitual, levantei-me tarde e, depois do meu pequeno almoço, decidi preparar uma refeição ligeira e, bem assim, uma sobremesa para o lanche.

Olhei o jardim e vi a chuva que insistentemente teimava em não parar... senti o barulho do vento a assobiar e as árvores abanavam sem dar tréguas...

Recordei as tardes frias de Inverno com meus filhos em casa, preparando "um qualquer bolinho"para nosso lanche.

Senti aquela nostalgia...tão grande!

Então, procurei "algo" para confeccionar uns bolinhos para o chá... E fui tentada a experimentar "algo" diferente!

E consegui!

Partilho aqui a receita...

 

 

1 rolinho de cerca de 180g de queijo de cabra (queijo "chèvre") 

2 colheres de sopa de compota a gosto ( eu preparei com compota de framboesa e morango)

4 ovos

1 chávena de açúcar

1 chávena de farinha com fermento

1 colher de chá de canela em pó

1 caixa e meia de massa filo (cerca de 3 porções, pois 1 caixa leva 2, cada)

 

Liguei o forno a 200g, enquanto preparava os bolinhos.

Cortei a massa filo (2 folhas sobrepostas) em quadrados de 5cm por 5cm.

Forrei as forminha (de queques), com a massa filo, conforme a figura que exemplifico numa das fotos do post.

Reservei.

 

Cortei o queijo chèvre em bocadinhos pequenos e e juntei às gemas. Levei a bater na batedeira eléctrica.

De seguida, juntei o açúcar e deixei bater até obter uma massa fofa.

Acrescentei a compota de fruta, a canela em pó, sempre batendo com a batedeira eléctrica.

Então, juntei a farinha com o fermento e, de novo, deixei que a batedeira batesse bem.

Por fim, cá fora, com colher, envolvi as claras em castelo.

Provei e achei a massa óptima, embora já estivesse a prever que não iria obter umas cajadinhas, mas sim uns "quequezinhos"... Mas, já não tinha mais queijo em casa!

Talvez...talvez, repito!... Se acrescentasse mais queijo chèvre, a massa se tornasse tipo queijada, no entanto, só experimentando, sublinho!

Enchi as forminhas (que já tinha forradas com a massa filo), com colheradas de massa.

Levei ao forno a 150º.

Deixei que cozessem.

Resultou nuns deliciosos queques, gostosos, nada enjoativos, pouco  açucarados... Óptimos para serem acompanhados ao lanche ou num serão com um chá quentinho!

Eu já provei... E gostei!

E meu marido também gostou... e até me ajudou a forrar as forminhas e fotografar a sequência da feitura.

 

 

 Nota - Esta receita dá para cerca de 36 queques

 

 

Se não tiver massa filo, pode sempre forrar as forminhas de manteiga,  polvilhar de farinha e rechear com o preparado.

 

Bom serão... ! 

 

 

 

 

(Tina)

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Ivete a 03.10.2010 às 23:46


Oi Tina,
noite de temporal pode ser agradável ou como a tua: cheia de apreensão. No meu caso é difícil perder o sono por causa dos temporais, a menos que sejam de fato muito agressivos... Já os bolinhos, apesar do ótimo aspecto, me parece que de agora em diante vão me assustar um pouco. Acho que deverei fazer alguma dieta alimentar, a partir do meu retorno ao médico com os exames feitos. Não vi, até agora, nada de alarmante nos resultados, mas algo está errado ou não estaria com a pressão tão descompensada como estou. Nos próximos dias saberei e até lá vou restringir um pouco as guloseimas, ainda mais aquelas que levam queijos, doces ... Mas estás de parabéns, amiga! És mesmo uma cozinheira de mão cheia, disto não há a menor dúvida! E parabéns ao Alex, que pelo visto está sendo um companheiro maravilhoso!

Beijos aos dois
Imagem de perfil

De Tina a 04.10.2010 às 12:32

Olá, Ivete!
Hoje o dia já acordou lindo, com sol, algumas nuvens, mas bem diferente do de ontem...mais calmo, sem chuva e vento e até apetece sair de casa e caminha pelos campos fora...
Talvez faça isso de tarde, se não chover e aqui na Ria eu perco-me sempre com a paisagem deslumbrante, com pequenos pormenores que a Natureza nos proporciona sempre!
Obrigada pelas tuas palavras simpáticas e que emocionaram, de todo!
Gosto de cozinhar, claro, mas não sou assim uma cozinheira de mão cheia...ehehehehe--:-) De qualquer modo obrigada pelo teu elogio! Eu sei que tu és uma boa cozinheira!
Gostei muito de te ver por aqui, Ivete!
Um beijinho meu e do Alex, ele de facto, tem sido espectacular comigo estes últimos dias, enquanto estou com esta crise.
Fica bem, Ivete!Image

Comentar post