Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





queques de queijo chèvre

por Tina, em 03.10.10

 

Hoje  a noite foi longa...

Com temporal...  com vento forte, com muita chuva, com as árvores a chorar e a tremer de frio... !

Uma noite de Inverno, mas sem aquele frio de "rachar", ainda com alguma réstia de calor, dentro de casa...

Não se conseguia dormir com tamanho barulho ensurdecedor... e eu que gosto tanto de silêncio e de escuro para dormir, só dormitei, um pouco, pela manhã...

Por isso, contrariamente ao habitual, levantei-me tarde e, depois do meu pequeno almoço, decidi preparar uma refeição ligeira e, bem assim, uma sobremesa para o lanche.

Olhei o jardim e vi a chuva que insistentemente teimava em não parar... senti o barulho do vento a assobiar e as árvores abanavam sem dar tréguas...

Recordei as tardes frias de Inverno com meus filhos em casa, preparando "um qualquer bolinho"para nosso lanche.

Senti aquela nostalgia...tão grande!

Então, procurei "algo" para confeccionar uns bolinhos para o chá... E fui tentada a experimentar "algo" diferente!

E consegui!

Partilho aqui a receita...

 

 

1 rolinho de cerca de 180g de queijo de cabra (queijo "chèvre") 

2 colheres de sopa de compota a gosto ( eu preparei com compota de framboesa e morango)

4 ovos

1 chávena de açúcar

1 chávena de farinha com fermento

1 colher de chá de canela em pó

1 caixa e meia de massa filo (cerca de 3 porções, pois 1 caixa leva 2, cada)

 

Liguei o forno a 200g, enquanto preparava os bolinhos.

Cortei a massa filo (2 folhas sobrepostas) em quadrados de 5cm por 5cm.

Forrei as forminha (de queques), com a massa filo, conforme a figura que exemplifico numa das fotos do post.

Reservei.

 

Cortei o queijo chèvre em bocadinhos pequenos e e juntei às gemas. Levei a bater na batedeira eléctrica.

De seguida, juntei o açúcar e deixei bater até obter uma massa fofa.

Acrescentei a compota de fruta, a canela em pó, sempre batendo com a batedeira eléctrica.

Então, juntei a farinha com o fermento e, de novo, deixei que a batedeira batesse bem.

Por fim, cá fora, com colher, envolvi as claras em castelo.

Provei e achei a massa óptima, embora já estivesse a prever que não iria obter umas cajadinhas, mas sim uns "quequezinhos"... Mas, já não tinha mais queijo em casa!

Talvez...talvez, repito!... Se acrescentasse mais queijo chèvre, a massa se tornasse tipo queijada, no entanto, só experimentando, sublinho!

Enchi as forminhas (que já tinha forradas com a massa filo), com colheradas de massa.

Levei ao forno a 150º.

Deixei que cozessem.

Resultou nuns deliciosos queques, gostosos, nada enjoativos, pouco  açucarados... Óptimos para serem acompanhados ao lanche ou num serão com um chá quentinho!

Eu já provei... E gostei!

E meu marido também gostou... e até me ajudou a forrar as forminhas e fotografar a sequência da feitura.

 

 

 Nota - Esta receita dá para cerca de 36 queques

 

 

Se não tiver massa filo, pode sempre forrar as forminhas de manteiga,  polvilhar de farinha e rechear com o preparado.

 

Bom serão... ! 

 

 

 

 

(Tina)

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De Tina a 08.10.2010 às 15:57

Ai não passas por aqui, de verdade? Então, tu, meu professor, meu mestre nestas andanças, não vens apreciar meu trabalho? Fico triste, sabias? Vá lá...os olhos não comem! E podes sempre deixá-los brilhantes e risonhos ao ver meus petiscos...seu guloso, duma figa"?Achas que eu acredito que não provavas um queque de queijo? Agora imagina uma fatia do meu pão-de-ló, daquele de comer com colher...eras servido? ????
Obrigada pela tua visita e gostei de te ver aqui neste meu cantinho dos meus "sabores e aromas"!
Volta sempre, meu amigo!

BjsImage

Comentar post