Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




arroz de forno

por Tina, em 16.11.11

 

 

 

 

 

ARROZ DE FORNO

(arroz seco)

 

1 chávena de arroz (estufado, evaporado ou até carolino)

(este é estufado)

2 chávenas de água quente

sal ao gosto

1 cebola  picada

1 cabeça de alho picada

azeite q.b.

 

 

Cobre-se o fundo dum tacho com azeite e junta-se a cebola e alho picados.

Deixa-se refogar um pouco, até a cebola ficar macia, sem queimar.

Junta-se o arroz e, com uma colher, vai-se mexendo até este ficar bem frito, não queimado.

Acrescenta-se, agora, a água quente, tempera-se de sal e tapa-se.

Reduz-se o lume para o mínimo.

Quando a água desaparecer, leva-se ao forno a secar.

Também, pode levar-se o arroz ao forno depois de se juntar a água, sem cozer ao lume. Demorará um pouco mais a fazer, mas fica óptimo.

 

  

 

 

(para acompanhar assados e outros pratos diversos).

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


bacalhau assado no forno

por Tina, em 01.10.10

(receita para cerca de 4 pessoas)

 

 

São tantas as formas de se cozinhar este peixe, umas mais complexas que outras...

 Porém, hoje, trago uma maneira minha de o assar no forno, fácil, igual a tantas outras...

Acho que todos sabem preparar desta forma!

Se utilizar os lombos, tanto melhor!

 

 

 

 

 

 

3 postas de bacalhau demolhado

2 cebolas cortadas às rodelas

6 dentes de alho cortados

1 folha de louro

3 rodelas de chouriço vermelho

sal a gosto

1 malagueta de piripíri

azeite q. b.

1 copo de vinho branco

batatas descascadas - a quantidade de que se pretender

 

 

 

 Forra-se o fundo duma assadeira com azeite suficiente.

Dentro, junta-se a cebola cortada em rodelas e os alhos, a folha de louro a malagueta de piripíri e um pouco de sal,

Dispõe-se o bacalhau e as batatas descascadas.

Rega-se com o vinho, tempera-se com um pouco mais de sal, se necessário e um pouco de azeite, se achar que necessita, também!

Junta-se o chouriço e rega-se tudo muito bem com o molho que existe no fundo.

Leva-se ao forno e, de quando em quando, rega-se o preparado e, se for caso disso, vira-se com cuidado, para não desfazer o bacalhau.

Quando cozinhado, servir, com salada a gosto.

 

 

 

Outra maneira agradável de cozinhar o tal "fiel amigo" que agora parece ser "caro amigo"... Mas, que não deixa de ser agradável!

 

 

 

 Bacalhau

 

Somos reis do Bacalhau
que chega da Terra Nova
cozinhá-lo é uma arte
que nos sempre põe à prova.

É o mais fiel amigo
do português andarilho
tão fiel como o cão
e servindo pai e filho.

Pode se servir cozido
numa ampla travessa
que leva couves e grelo
e nunca trai a promessa

O que seria de nós
sem este prato tão nosso?
Continua a estar presente
ao jantar e ao almoço!

  

 

(Retirado do Google - Poemas e Cartas - Luso poemas )


 

 

 

 

 

(Tina)

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


coxinhas de frango assadas no forno

por Tina, em 07.05.10

 

                                      

 

 

coxas de frango - a quantidade que se pretender conforme o número de pessoas e do que comem.

sal  q . b.

piripíri  a gosto

1 cálice de vinho branco maduro

meio cálice de whisky

3 colheres de vinagre de vinho

bastantes alhos laminados

azeite q. b.

alecrim q. b.

 

 

Cobre-se o fundo de uma assadeira com azeite. Colocam-se dentro as coxas de frango, cortadas a meio (bocados pequenos), depois de bem lavados.

Tempera-se com sal e piripíri.

Rega-se com o vinho, o vinagre e com o whisky.

Salpica-se com o alecrim.

Com colher, misturam-se todos os ingredientes no frango.

 

Leva-se ao forno  médio a assar.

De quando em quando, vão-se virando as coxas e regando com o molho.

 

Serve-se, quando bem assado, com uma salada, com batata frita ou arroz branco.

 

Uma receita simples, muito básica e que não é dispendiosa.

 

 

  (Tina)

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

2 chispes e 2 tornozelos de porco

azeite q. b.

sal a gosto

2 cebolas

4 dentes de alho

1 malagueta de piripíri

1/2 copo de vinho maduro branco

1/2 cálice de whisky

1/2 cálice de vinho do Porto

alecrim a gosto

1 folha de louro

batatas q. b.

3 colheres de sopa de polpa de tomate 

 

Cobre-se o fundo duma panela com azeite.

Junta-se a cebola cortada às rodas, os alhos laminados, o vinho, o vinho do Porto, a polpa de tomate, o piripíri, a folha de louro, o sal, o alecrim e o whisky.

 

Juntam-se os chispes e tornozelos e mexem-se bem com as mãos, envolvendo todos os ingredientes nas carnes. 

Leva-se ao lume moderado até as carnes amaciarem e ganharem cor, com tampa no tacho. De vez em quando. mexe-se com colher, para não torrar. Se o líquido começar a escassear, junta-se um pouco mais de azeite e vinho, ou até um pouquinho de água (não muita).

De seguida, juntam-se as batatas e deixam-se cozer uns minutos apenas e ganhar cor.

Agora, retira-se do lume e dispõe-se tudo numa assadeira para levar ao forno a acabar de cozinhar....ou seja, a assar.

Rectificam-se os temperos, se necessário.

Acompanhar com uma boa salada.

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


batata assada no forno....

por Tina, em 15.04.10

 

     ...... como acompanhamento                                                                                     

 

 

 

Batatas q. b.

alhos q.b.

sal a gosto

pinhões q. b.

passas ou corintos q. b.

azeite q.b.

alecrim q.b.

queijo ralado q.b.

1 chávena de leite ou 1 pacote de natas

 

 

 

 

Cobrimos o fundo de uma assadeira com azeite.

De seguida. dispomos batatas descascadas e cortadas às rodelas (não muito finas).

Salpicamos com alho laminado, com corintos ou passas, com pinhões, alecrim e um pouco de sal, tudo isto a quantidade a gosto.

Cobre-se com natas ou leite e queijo ralado a gosto.

Envolve-se tudo com colher, para misturar todos os ingredientes.

Leva-se ao forno e quando cozido serve-se como acompanhamento de peixe ou carne.

  

(Tina)

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

.........no forno.......para o almoço de Natal!

 

receita para cerca de 8 a 10 pessoas

 

 

1 cabrito inteiro de cerca de 5 a 7 kg

ou  pá de borrego

sal q. b.

pimenta q. b. (moída na altura)

malagueta de piripíri a gosto

1 folha de louro

1 copo de vinho branco (boa qualidade)

1/2 cálice de vinho do Porto

1/2 cálice de whisky

2 colheres de sopa de polpa de tomate

batatas q. b.

salsa q b.

azeite q. b. (de boa qualidade)

2 cebolas às rodelas

8 dentes de alho picados

 limão q. b.

1 raminho de alecrim

 

 

Começa-se por limpar de véspera o cabrito ou borrego de gorduras.

Lava-se a carne, esfregando-a com limão.

Num recipiente, deixa-se a carne, dum dia para o outro, em calda, com vinho branco,  pimenta, louro, sal e um raminho de alecrim.

Dia seguinte, forra-se uma assadeira com a cebola às rodelas, os alhos que estiveram na calda, o louro, a salsa, o raminho de alecrim e o piripíri.

Introduz-se dentro a carne, as batatinhas descascadas e rega-se com azeite suficiente e a calda da véspera.

Junta-se a polpa de tomate, o whisky, o vinho do Porto e mistura-se bem a carne nesse molho.

Rectifica-se de sal e dos outros temperos, se necessário.

Leva-se ao forno bem quente e, de quando em quando, vai-se virando e regando a carne com o molho.

Quando pronto, acompanha-se com arroz  seco e uma saladinha a gosto.

 

(Tina)

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

 Receita para 4 pessoas

 

 

2 robalos grandes do nosso Atlântico, frescos

2 cebolas

6 dentes de alho

azeite q. b.

sal q. b.

piripíri q. b.

3 colheres de sopa de polpa de tomate

1/2 copo de vinho maduro branco

1 folha de louro

4 rodelas de salpicão ou chouriço de colorau

Batatas q.b.

meio copo pequeno de whisky

 

 

Limpa-se o peixe de escamas e tripas.

Cobre-se uma assadeira com azeite, onde se juntam os alhos, as cebolas cortadas às rodelas, a folha de louro, o sal, a polpa de tomate, o vinho e o  whisky.

Coloca-se o robalo dentro e golpeia-se no meio, onde se introduz as rodelas de chouriço ou  de salpicão  (como se vê na foto).

Dispõem-se as batatas à volta e depois de regar tudo com o molho que está preparado na assadeira, leva-se ao forno médio.

De quando em quando,  rega-se com o próprio molho e viram-se as batatas.

Quando pronto. serve-se com  arroz e uma saladinha ao gosto.

(O arroz aqui retratado é de favas e tomate fresco).

 

 

(Tina)

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)