Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bavarois de morango e ananás

por Tina, em 26.04.09

 

 

 

 

 

 

500 g de açúcar

2 chávenas de água

sumo de uma lata de ananás

 7 folhas de gelatina grandes ou 14 das pequenas

12 ovos

12 morangos

 

 

 

 

 

Leva-se ao lume até se obter um ponto de pérola o açúcar com a água.

De seguida, junta-se o sumo do ananás (onde se juntaram pelo menos 3 das rodelas de ananás trituradas),  e volta ao lume, até tomar o mesmo ponto.

Deixa-se arrefecer um pouco e vão-se juntando as gemas previamente batidas e coadas. De novo, vai ao lume brando, mexendo sempre, até engrossar.

Ainda ao lume, acrescenta-se a gelatina, que esteve a  amolecer em água fria, durante cerca  10 minutos.

Retira-se do lume.

Trituram-se os morangos, já lavados, e misturam-se ao preparado.

 

 

 

 

 

Batem-se as claras em castelo, bem firme, e vão-se acrescentando ao creme anterior (envolvendo-as delicadamente).

Tem-se uma forma apropriada para bavaroise, de vidro ou outro material próprio para ir ao congelador, com buraco no meio e molha-se com água essa forma.

Agora,  verte-se para dentro o preparado. 

Leva-se ao congelador dum dia para o outro.

Para se desenformar, molha-se o fundo da forma, em água quente (muito rapidamente).

Num prato, podemos colocar a bavaroise e enfeitar ao gosto, com rodelas de ananás e morangos cortados ou inteiros, com chantilly, com fios de ovos, salpicado de pepitas coloridas ou de chocolate, enfim , como quisermos.

 

MUITO BOA ESTA BAVAROISE, PODEM ACREDITAR !!!!!

 

 

 

 

 

(Tina e Mariana - minha filha)

 

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

 

massa filo

fatias de bolo seco ou de pão de ló

morangos q.b.

6 pacotes de natas

açúcar a gosto para o chantilly

pepitas de chocolate

 

 

 

 Forra-se uma tarteira com folhas de filo no fundo e a toda a volta, da maneira que se quiser.

Leva-se ao forno a cozer a massa.

Quando cozida, retira-se do forno e deixa-se arrefecer

Se conseguir retirar a massa com cuidado da forma e colocá-la num prato, óptimo. Se não conseguir, pode preparar a sobremesa dentro da forma.

Reserve a forminha de massa filo.

 

 

 

 

À parte,  juntam-se três pacotes de natas com açúcar, ao gosto, e bate-se até obter chantilly. (Cuidado, para não passar a manteiga).

A estas natas, acrescentam-se alguns morangos que foram previamente lavados e triturados no centrifugador.

 

Reservam-se alguns morangos inteiros.

 

Com as restantes natas, volta-se a fazer chantilly, este sem mistura de morangos.

 

Então, começa-se por forrar a forminha de filo, com  fatias de pão de ló ou bolo seco.

De seguida, cobrem-se as fatias com o chantilly de morango.

Volta-se a cobrir com bolo ou pão-de-ló.

Depois, com chantilly normal.

Por fim, enfeita-se com morangos e um pouco de pepitas de chocolate.

 

Leva-se ao frigorífico até à hora de servir.

 

 

 

 

Com esta sobremesa,  podem aproveitar-se sobras de bolos secos e pode variar-se no conteúdo.

Em vez de chantilly de morangos, pode ser de ananás ou outro fruto.

Pode acrescentar, também, em camadas, nozes, amêndoas, bolacha de baunilha ralada, enfim, frutos secos, chocolate lascado, etc..

 

 

  

 

(Tina)

 

 

 

 

 
BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


BAVAROIS DE ANANÁS

por Tina, em 12.02.09

 

BAVAROIS

 

 
 
 
 
 

 

500g de açúcar

2 chávenas de água

1 lata de ananás

7 folhas de gelatina

12 ovos

 

 

 

Leva-se ao lume o açúcar com a água, até obter um ponto de pérola,

Junta-se o sumo da lata do ananás e volta ao lume até voltar ao mesmo ponto de pérola.

Deixa-se arrefecer um pouco e juntam-se as gemas previamente batidas e coadas.

Leva-se de novo ao lume brando, mexendo continuamente até engrossar,

Ainda ao lume, acrescenta-se a gelatina que  esteve a amolecer em água fria, cerca de 10 minutos.

Retira-se do lume.

Batem-se as claras em castelo e misturam-se ao creme obtido anteriormente.

Verte-se para uma forma própria de ir ao congelador, a qual foi molhada em água fria.

Vai a gelar de um dia para o outro e ( ao congelador).

 Na altura de desenformar, mergulha-se, com cuidado, a base da forma em água quente, para a bavarois se despegar com mais facilidade.

Guarnece-se ao gosto, com chantilly e rodelas de ananás.

  

 

 

 





(Tina e Mariana)

 



 







 



 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)