Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Confeitos com marmelada...

por Tina, em 17.12.10

.... Para o Menino Jesus....

  

  

 

Senhora Santa Ana

Subiu ao monte

Onde se sentou

Nasceu uma fonte

Passaram os anjinhos

E beberam dela

Que água tão boa

Que Senhora tão Bela

Senhora Santa Ana

Olhos de azeitona

Vinde dar azeite

À Nossa Senhora

Não posso lá ir

Que estou ocupada

A Fazer confeitos

Com marmelada

Pró Menino Jesus

Que vem de jornada!

 

 

 

 

(Oração de minha avó)

 

 

 

 

 

SANTO E FELIZ NATAL PARA TODOS OS MEUS AMIGOS E TODOS QUANTOS ME VISITAM, BEM COMO UM ANO CHEIO DE MUITA PAZ E MUITO AMOR!

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)


marmelada de marmelo inteiro

por Tina, em 04.09.09

 

 

 

 

 

 

MARMELADA de MARMELOS INTEIROS 

 

 

 

1 k de marmelos

1 kg de açúcar

1 colher de sopa de água

 

 

Começa-se por lavar os marmelos.

Cortam-se aos quartos e retiram-se as pevides e miolo duro junto a elas.

Aproveita-se a casca dos que estiverem sãos.

Vão-se colocando dentro dum recipiente com água, à medida que se vão cortando, para não oxidarem.

 

 

 

 

Levamos ao lume os marmelos num tacho, envolvidos no açúcar e água.

Deixa-se cozer em lume brando e vai-se tendo o cuidado para não verter, ao fazer espuma.

Pode se quiser cozer em panela de pressão.

 

 

Particularmente não cozo na panela de pressão, pois gosto de ver a marmelada nas suas fazes de cozedura.

Quando os marmelos estiverem cozidos, retiram-se do lume e, sempre com cuidado, para não haver queimaduras e salpicos, passa-se a varinha mágica, até obter um creme liso.

 

 

 

Imediatamente verte-se o preparado para recipientes que quiser.

Deixa-se arrefecer e cobre-se com papel vegetal

Guarda-se em sítio fresco

 

 

(Tina)

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Marmelada de Marmelo

 

(marmelada mais escura)

 

 

marmelos (a quantidade pretendida)

o mesmo peso dos marmelos (depois de descascados e desmiolados) em açúcar

1 colher de sopa de água

 

 

(marmelada mais clara)

 

Começamos por lavar os marmelos, descascar, retirar o miolo, onde se encontram as pevides.

Vamos cortando aos gomos e colocando (em reserva) num recipiente com água, para não oxidarem.

Pesamos de seguida os marmelos e  pesamos o mesmo em açúcar.

 

 

(foto com as duas marmeladas, clara e escura)

 

 

Numa panela alta, introduzimos o marmelo cortado, juntamente com o  açúcar e a colher de água.

Envolvemos tudo, para misturar bem.

Levamos ao lume brando a cozer.

Quando o marmelo estiver cozido, retiramos do lume e passamos tudo com a varinha mágica, muito bem, para não ficar com grumos.

Levamos de novo ao lume, por pouco tempo, para cozer um pouco mais, e ficar no ponto.

Se pretendermos que a marmelada fique mais escura, apenas deveremos reservar o marmelo fora da água, antes de o cozinhar, de maneira e oxidar ao ar.

Isso será o suficiente para ela sair escura.

Cuidado, quando estiver a cozer, pois, borbulhando, os salpicos podem queimar.

Quando cozida, vertemos, com colher de sopa, de preferência, para dentro de recipientes de louça, pois a marmelada atinge altas temperaturas.

Depois de esfriar, recortamos papel vegetal e cobrimos os recipientes.

Guardamos, de preferência, ao ar, em cima de móveis de cozinha, ou em prateleiras arejados numa despensa.

 

(Dica: Costumo aproveitar as cascas e miolo, junto das pevides,  para confeccionar geleia de marmelo -  Oportunamente trarei aqui essa receita, também).

 

 

 

(Tina)

 

 

 

 

 

 

 

BLUMEN

Autoria e outros dados (tags, etc)